Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

O OLHAR PARA DEUS

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para OLHAR PARA DEUS


Dizem os sábios que o amor é a ferramenta mais forte que alguém pode ter para a vida. Acredito que todos na Terra, se fossem entrevistados, diriam que amam alguém. Então posso concluir que somos uma centelha de amor. O que nos diferencia é como cuidamos desta centelha. Podemos deixá-la adormecida, podemos regá-la com sentimentos tranquilos ou podemos simplesmente alimentá-la dia a dia, com a vontade enebriante de amar.

A força com que este trabalho é realizado faz toda a diferença. Não sei explicar realmente como essa energia se faz presente de coração a coração. Alguns podem dizer que a conhecem, mas não entendem porque não funciona com eles. Não é assim. Essa energia é algo acima da compreensão humana, que só na mais tranquila paz interior, conseguiremos acessá-la.

Quando o amor é tão abundante, o chackra cardíaco vibra com tal intensidade que chega a doer. A energia é captada de forma alegre e se manifesta em sorrisos, lágrimas e, porque não dizer, em atitudes até insanas, onde o feliz receptor se vê envolto em danças, pulos e atitudes engraçadas. Porque a felicidade transborda. O amor incondicional e verdadeiro faz isso.

Se você nunca teve essa vontade de "desequilibrar" sua vida pelo amor, não sabe realmente o que é amar. Os que se prendem a dogmas e padrões, normalmente são pessoas sem expressão e infelizes. Não sabem tocar, nem deixam ser abraçadas. 

E, o que fazer para alcançar tamanha dádiva? É simples. Devemos olhar para Deus. Cada vez que faço isso, sinto uma vontade de sair dançando pela rua, gritar e abrir os braços para o universo e dizer como sou feliz. Se eu for agora pensar em toda tragédia e tristeza que percorre a Terra, me envolver e culpar pelo desespero e canalhice dos seres humanos, não conseguirei obter a energia que quero para mim, de paz, alegria e força. 

Isso não é egoísmo, ao contrário, é amor. Porque só eu sendo amor e luz, conseguirei manifestar a intensa forma de vibração planetária necessária para auxiliar este planeta a ser melhor. Ser justo, sim. Mas levar amor e  alegria aos cantos que precisam de mim como forma de vida de luz. Quando olho para Deus, sinto que Dele vem sua plenitude. E como não deixar-me ser um ser pleno, abundante e feliz? Sim, eu quero isso para mim, para os que estão ao meu redor e para os que eu encontrar em meu caminho. Quero ser Luz!

O olhar para Deus é senti-lo cada vez mais perto, é entender a energia do amor, é finalmente enriquecer cada vez mais nossa centelha de luz. Quando olho para Deus e converso com Ele, as coisas não parecem tão tenebrosas, mas a fé aumenta e consigo me envolver na mais profunda paz.

Digam o que quiserem, mas ter Deus como conselheiro e amigo é a verdadeira sabedoria. Hoje me sinto agraciada. Modifiquei dentro de mim algumas formas de pensar e agir, baseada sempre na intuição Divina. Quando olhamos para Deus, Ele nos aconchega na sua Luz e isso é nosso berço sagrado, onde descansamos e nos sentimos protegidos.

Essas palavras vem do fundo da alma, são feitas para que você leia e ache por onde quer começar a vibrar na intensa energia universal. A escrita é uma bela maneira de anunciarmos ao mundo os recados da espiritualidade. Por isso, concentre-se e perceba no seu interior que desequilíbrios estão acontecendo agora. Eles podem ser modificados, você tem escolhas. Sei que ama e que esse amor pode se ampliar em escalas supra-humanas. Então façamos, pela Terra, pela humanidade!

E, nesta corrente, vamos hoje vibrar em pensamentos, olhando para Deus e sendo gratos por nos abençoar com amor.


NAMASTÊ