Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

ORAÇÃO DE ANO NOVO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Meu Deus, Pai Amado e de toda a Bondade
mais um ano na contagem de nossa existência 
mas um caminho percorrido.
Muitas coisas aconteceram como promessas não cumpridas,
trabalhos que poderiam ter mais empenho e melhores resultados,
amizades mais sinceras e
sentimentos mais nobres.

Me vejo agora na porta para um novo recomeço e eu peço perdão.
Perdão por não ter dado ouvidos a quem me falava com o coração.
Perdão por não ter usado melhor as palavras que ajudariam alguém na decisão certa.
Perdão por ter sido orgulhosa demais para aceitar ajuda ou perdoar.
Perdão por não ter dado importância necessária aos meus olhos, cegando-me por ambição e ganância dos atos de maior bondade.
Perdão, meu Pai por ter pedido tanto Tua atenção em prol somente dos meus problemas e ter esquecido que não vivo sozinha neste mundo.
Perdão por arrumar desculpas e não tempo para cuidar melhor dos que percorrem a vida comigo.
Perdão por pensar só em mim.
Perdão por achar que meus erros não são o suficientemente maus para prejudicar outros sentimentos.
Perdão por eu abandonar minha fé, quando deveria mostrar-me mais confiante nela. 

Que eu possa entrar neste novo ciclo consciente de que eu posso melhorar e mudar,
de que eu possa canalizar cada vez mais Sua sabedoria, Sua luz e Sua paz,
de que eu tenha em mente que a Terra está agonizando e preciso cuidar dela,
de que as pessoas que me tratam mal são apenas espíritos perturbados e devo orar por elas,
de que toda dificuldade que se apresentar a mim, eu possa ter equilíbrio para resolver com tranquilidade,
de que os passos difíceis me fazem mais forte e experiente,
de que os passos mais fáceis são dádivas que devo aproveitar,
de que os laços de sangue são inesgotável fonte de aprendizagem e amor,
de que eu tenha consciência de que não vale a pena destruir-se por um amor não correspondido, porque posso estar perdendo tempo e não enxergar aquele que é meu destino,
de que consigo fazer melhor, mesmo que tenha tentado algumas vezes sem êxito,
de que acordar cedo não é um problema e sim uma graça que os fortes recebem,
de que meu alimento seja purificado e eu não engula coisas que me façam adoecer.

Pai, meu Bom Deus, quero e posso mudar. Devo e preciso ser melhor.
E que eu consiga levar comigo muitos aliados nesta empreitada para que a Terra ressurja.
E, por fim, te peço humildemente que derrame sobre todos nós Tua bênção para que a Consciência Crística se faça realmente presente neste planeta. Derrame sobre nós tua Luz Dourada que aceitamos com todo Amor em nossos corações.
Que Assim Seja, Assim Será, Assim É.





AGORA PARA COMEÇAR BEM 2015:




Hoje, ao meditar, pedi que orientações fossem dadas para aqueles que quiserem se conectar com a espiritualidade neste novo ciclo e assim foi-me dito:

" À meia-noite ou no decorrer do primeiro dia procure estar só e em silêncio, por pelo menos cinco minutos.  

Faça um círculo na areia, na mata ou riscando com algo onde estiver. Sente-se no meio dele em posição de meditação e respire profundamente 3 vezes, fechando os olhos e tentando silenciar a mente, canalizando a essência de Deus. 

Imagine uma grande rosa cor-de-rosa se abrindo em seu coração, uma rosa violeta no meio dos olhos, uma amarela no meio do estômago e duas rosas brancas nas mãos (uma em cada uma). Que destas flores saiam raios coloridos envolvendo todo teu ser e indo em direção ao plano espiritual. Imagine Deus colocando a mão sobre você enviando gotas douradas que invadem todo teu ser. Faça uma oração ( aquela que vier em seu coração).

Levante as mãos para cima, como se estivesse oferecendo as rosas brancas para o universo e num ato de amor lance-as fazendo um pedido ou pensando em alguém.

Agradeça o momento de Luz, faça um sinal de reverência unindo as mãos e sinta-se em paz...Levante-se e abrace a primeira pessoa que encontrar....

Tenha um Novo Ano em você!!!


NAMASTÊ



terça-feira, 30 de dezembro de 2014

ULTRAPASSE

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


a barreira do orgulho e vai sentir que perdeu alguns quilos na consciência
a barreira da rabugice e vai aprender que o sorriso faz milagres
a barreira da estupidez e terá abraços de mais pessoas
a barreira da preguiça e conhecerá novos horizontes
a barreira do mau humor e poderá ensinar a compreensão
a barreira do desmancha prazeres e viverá com mais amigos
a barreira da irritabilidade e comece a amar sua própria Vida.
a barreira de seus limites e descobrirá um mundo novo!!!
Namastê

ENTERRAR E RENASCER

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



E lá se vai ele saindo de cena. As cortinas quase se fecham. Resta pouco mais de metro para que um outro palco se apresente a nós. Um novo espetáculo ou simplesmente o mesmo com nome diferente? Depende de nós. Da maneira como enxergamos a vida e o que ela representa. Da maneira como agimos e de como ela reage.

Devemos enterrar o passado, ou guardá-lo em algum local acessível? Quando se chega ao final de um ano, nota-se que todos só falam nos projetos e promessas para a próxima etapa. Mas, e o que foi? Onde estará o aprendizado das coisas boas e ruins? Haverá perdão para os erros e nossas atitudes impensadas? Culparemos alguém ou teremos coragem de olhar para dentro de nós e buscarmos o que poderíamos ter mudado?

Enterrar não significa esquecer. Não esquecemos nossos antepassados, mas lembramos na hora exata o que eles representaram em nossas vidas. Talvez devêssemos fazer o mesmo com as coisas que passamos. Enterrá-las para não termos tanta bagagem no caminho, mas buscar sabedoria em como tratar um novo problema ou questão, usando o que se aprendeu.

Na verdade, o mundo não deixa de ser o mesmo só por causa da meia-noite de um dia para outro. As coisas continuam no mesmo lugar, os sentimentos continuam a serem exteriorizados de forma intensa e as pessoas continuam a viver. O que muda é algo ainda não medido. Muda, e infelizmente apenas nesta época, a força da esperança num mundo melhor dentro e fora de nós.

Prometemos enterrar a raiva, a inveja, o orgulho e a falta de amor próprio. Para conseguir isso devemos estar preparados para os solavancos do caminho. Pois, pedras e pessoas sempre estarão propensas a derrubar nossa paz e felicidade. Quem não busca melhorar, só tem em mente que os que buscam, são chatos. E são provocados para terem o gosto de vê-los cair.

Enterrar coisas que foram prejudiciais para a nossa saúde, alegria e luta podem ser boas opções. Mas ter em mente que não se possa cometer o mesmo erro, desviando o caminho em busca de melhores assertivas.

Renascer sentimentos adormecidos como a gratidão, a doação e o amor por si e pela vida serão, com certeza, muito benéficos para um ano melhor.

Enterrar a lama que nos faz patinar nos sentimentos, no trabalho, nas amizades é outra boa opção. O que não dá, não dá. Partir para outros rumos e abrir as portas da vida. Tentar, dar-se oportunidades e respeitar-se. 

Renascer em nós o sorriso, a vontade de lutar pelo nosso bem, a força de uma vida saudável, o poder que nos é dado através do conhecimento e dos estudos, é crescimento.

Enterrar as discussões que vivem cutucando os corações. Aquelas atitudes que perdoamos, mas que insistimos em lembrar a cada erro do outro. Perdoou, perdoou. Fale sobre o que importa e o que se apresenta no momento. Não remoa o passado.

Renascer paciência, estímulo e fé. Acreditar em algo é essência do ser humano. Se você não acredita em nada, não pode acreditar em si mesmo.

Enterrar o medo de vencer, o receio de ser infeliz e renascer a coragem de brilhar, de fazer a diferença.

Não muda nada depois da meia-noite de 31 para 01, se você não mudar as coisas dentro de si mesmo todos os dias. Muda apenas a vontade, que vai se dissipando no decorrer das horas e dos dias de um novo ano. Mas, se você agir e não deixar que o ânimo de um número novo em sua vida fique sem sentido, você poderá chegar no próximo final de ciclo com muito menos coisas para enterrar e muito mais para celebrar.

Um Ano de muita AÇÃO para todos nós


NAMASTÊ

MENSAGEM ESPIRITUAL

Quando medito, às vezes sinto a vibração de seres espirituais querendo que eu escreva algo para transmitir ao mundo. Então, imediatamente pego papel e caneta e deixo minha mão ser guiada. Espero sinceramente que eu possa tocar o coração de pelo menos uma pessoa no planeta e que esta possa sentir a mensagem de maneira especial.

Esta mensagem recebi na manhã de 28 de dezembro ao realizar uma meditação...


Amados Filhos Planetários:

Um ciclo terreno está no fim. E, no final estão também, os nossos trabalhos de amorosidade. Aos poucos estamos retirando as energias que concretizavam corações ( no sentido de tornar corações duros como concretos). Ouçam nosso chamado através da intuição e dos seus momentos de orações. Tenham fé no que sentem. Estamos em constante trabalho de purificação de suas almas.

O planeta Terra está deixando sua órbita normal e se estabilizando em orbe diferenciada. Vocês não se darão conta disso, mas esta transformação será de grande valia para alçar degraus na escala evolutiva. 

Homens e mulheres estarão cada vez mais próximos em seu amor e devem compreender o respeito e a necessidade da doação, da entrega de seus corações.

A vigília de alguns grupos será extremamente benéfica e os conduziremos na paz e na sabedoria. Unir-se em prol de algum bem será uma bênção para o novo ciclo, pois ele será o ano da intenção e das grandes realizações para o bem da humanidade. Guarde o coração para feitos de grandeza e terão a recompensa espiritual.

A saudade de algo que não se conhece será mais forte, porque sentirão no âmago a presença dos seres espirituais. Realizem bondade, aprofundem seus conhecimentos e não percam tempo com coisas fúteis. Quem está no caminho sabe bem do que estamos falando.

O tempo está chegando ao final, muitos serão resgatados neste novo ciclo. Só terão receio e medo aqueles que não estiverem preparados.

Dêem as mãos e, numa corrente de infinito amor, vocês poderão enxergar a fenda iluminada que se fará presente em seus corações e que os levará para um mundo melhor.

A graça de nosso Pai está presente nesta carta que deixo através desta irmã.

Muito amor e luz.

Emmanuel


P.S. quero deixar claro que este ser de luz assinou este nome, mas não sei se seria o espírito do Emmanuel conhecido por todos através de Chico Xavier. Os mensageiros, muitas vezes, assinam nomes que possam representá-los apenas.


NAMASTÊ

e um Ano de muita Luz, Consciência Crística e Paz para Nós.

domingo, 21 de dezembro de 2014

ENVELHECER

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Quando o branco adormece singelo nos cabelos
e as ondas infinitas perpetuam furiosas na pele
nada é mais cansativo que ser testemunha do cansaço,
que ser algoz de nossa essência temporal,
de sentir toda vida esvaindo-se pelos dedos
sem compartilharmos dessa angústia com ninguém.

Porque só quem envelhece sabe julgar seu próprio fim,
só quem sente o corpo derreter em aferro
tem a consciência de que tudo é irreal, de que tudo é ilusão.
As dores se alojam em diversas partes, 
mesmo que a rejeitemos ou ignoremos.
Tudo persiste na sensação de que estamos sendo trocados.

Envelhecer é uma honra!
Principalmente quando há a consciência de que a vida que tivemos
foi produtiva o suficiente para deixar legados.
Envelhecer é uma glória!
quando olhamos para trás e enxergamos uma vida vivida.
Envelhecer é uma dádiva!
quando perto da chegada sabemos que ainda podemos criar.

E, com a neve branca nos cabelos,
com os vincos pelo corpo,
com o jeito lento de pensar e caminhar,
nada sobressai mais que a sabedoria do tempo.

Orgulho, respeito e dignidade por ter vivido,
por ter as mangas dobradas pelo tempo,
por ter suado e aprendido nos acertos e erros,
por ter caminhado por diversas estradas
por ter construído e ensinado o amor e 
ter sido nobre o bastante para abraçar cada etapa.

Quem envelhece leva consigo o rastro
e deixa atrás um novo caminho.
A aurora é a nova semente que de seu bolso cai,
semeando o que não podemos mais controlar...

NAMASTÊ

POESIA SEM NOME

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



E eis que a leve bruma
invade meus pensamentos
e sem perdoar nem ao menos minha tristeza,
deleita-se em aumentar meus prantos.


Nada do que vem será perdido,
nada do que vai é desmedido.
Só não quero ficar sem ver o sol,
nem adormecer sem ser ouvido.


E, quando meu corpo não mais suportar
e meu pensamento na bruma se perder,
vou deixar minh'alma descansar
para num novo mundo transcender.
 


NAMASTÊ

domingo, 14 de dezembro de 2014

QUANDO A TRISTEZA CHEGA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Esse texto é para você que às vezes cai na tristeza por algum motivo. E nesta hora, o mundo parece literalmente desabar.


Ela chega de mansinho e se aloja no corpo fazendo ele desabar, enfraquecer.
Nosso corpo mental fica desajustado, com pensamentos confusos e tenebrosos.
Parecemos um turbilhão de coisas negativas e as atraímos ainda mais.
A aura afina com o padrão vibratório.
A tristeza atrai coisas ruins para nós como sentimentos de ciúmes, raiva e possessão.

O céu parece apagar as estrelas,
O mar parece ter cheiro de morte,
A natureza torna-se cinza e sem graça,
e o sol parece iluminar somente os outros.

O mundo gira ao contrário,
as pessoas têm máscaras de monstros,
seu coração não consegue conectar a bondade,
seus olhos não conseguem enxergar mais seu caminho.

A tristeza é um sentimento que vai corroendo,
e, sem saber exatamente como sair dela,
vamos nos deixando abater em estado depressivo,
ajudando a própria vida se esvair dos nossos corpos.

E, afinal, como reagir?
Alterando o estado vibratório,
conversando com seu interior de forma enérgica,
indo ao encontro da vida.

Pise na grama descalço todos os dias,
permita-se respirar o ar puro das manhãs,
abra bem as janelas e admire o sol ou a chuva
ouça músicas que te inspirem
e mantenha seu mental no que você gosta.

Não fique remoendo pensamentos sobre problemas,
sobre o que os outros fazem ou fizeram para você,
sobre a sua solidão e o que os outros não entendem.

Tudo que passa é sua escolha, pelo que és para o mundo.
Pessoas felizes atraem felicidade.
Pessoas positivas atraem positividade.
Pessoas que se importam com a sua vida e não a dos outros e suas atitudes,
tendem a assumir posturas de contentamento.

Dentro de nós escondem-se mágoas, ressentimentos, traumas
mas também existe um compartimento onde podemos buscar luz, alegria e força.
Qual destes locais você alimenta?
Depende de cada um sua busca, seu encontro com o Eu Interior.

Quando a tristeza chega, temos que senti-la,
mas somente o suficiente para que esse sentimento seja amenizado.
Depois, abrir a janela da vida, limpar a casa e VIVER!

Namastê

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



A energia contagiante de luzes e músicas natalinas invade o final de ano, tentando desesperadamente abrir os olhos e os corações de todos para um mundo de amor e magia. Alguns ouvem a música, vêem e a sentem e se deixam envolver. Outros bloqueiam em si mesmos qualquer manifestação de sentimentos, talvez indignados com a fome capitalista e no que se transformou o verdadeiro natal.

Mas a verdade é que este momento inspira. Não sei se programamos a mente para o final de mais um tempo, significando que podemos dizer para nós o quanto cansaço sentimos e o quanto queremos um pouco de paz. Parece psicológico, já que na verdade tudo continua num ritmo devido, onde buscamos suprimir nossas necessidades.

Esta época, seja lá o sentimento que floresça, é diferente. Esperamos algo mais. E temos quase a necessidade de doar nosso amor para o universo. Nos sentimos convencidos de que há uma energia de esperança e paz. Os que não sentem isso talvez tenham dentro si muito orgulho ou simplesmente não se abrem para a vida. 

Todo final de ano temos tempo de reflexão e lembramos de praticamente todas as coisas que vivemos, as pessoas que passaram pela nossa vida e o que mudou ou estacionou.

Posso dizer que sou abençoada e que senti a mão de Deus sobre mim e minha família. E a Ele agradeço por estar sempre presente nas minhas aflições e alegrias.

Mas a vocês que estão lendo este texto quero agradecer muitíssimo pelo carinho de entrarem em meu blog vez ou outra e dispensarem seu tempo lendo o que escrevo. Se gostam ou não, se concordam ou não, não é o fundamental. O que me emociona é você me visitar de alguma forma, mesmo em pensamento.

Meu ano de 2014 teve pessoas incríveis, realmente humanas e amigas. Atos inesperados de carinho me deixaram muitas vezes em puro estado de agradecimento. Recebi muito afeto de verdade. Tenham certeza que não esquecerei.  Também conheci pessoas maravilhosas, pude estabelecer amizades novas com gente de energia tranquila e do bem. Deus colocou pessoas certas na hora certa em minha vida.

Muitos amigos nem vi este ano, mas foram conectados virtualmente com carinho, belas frases, conversas e risadas. A lembrança da vida de todos vocês esteve presente. Pude participar de alguma forma de um pedacinho da sua vida, com suas fotos, histórias e até revoltas.

Também recebi revezes e grosserias, ouvi críticas e senti tristeza por algumas atitudes que só me fizeram crescer como ser humano, não permitindo mais que determinadas pessoas deixem sua energia estragar a minha.

Mais um ano, mais aprendizado, mais sabedoria. Talvez seja essa a maior magia do Natal. Ter um tempo para que se pare e pense em tudo que deixamos de fazer e poderíamos ter feito, em todos que deixamos de abraçar, de cuidar, de amar ou em tudo que acrescentamos em nosso espírito para que este esteja cada vez mais preparado para a partida.

Melhorar pensamentos, deixar de ser arrogante, mesquinho e ganancioso seria infindavelmente melhor para o mundo. Mas sabemos que existem pessoas e pessoas. E que não se pode querer que tudo seja completo. O melhor mesmo é cada um querer. E quando um cuidar de si mesmo com mais carinho, talvez hajam transformações.

É NATAL... tempo de luz, afinal é o nascimento de nosso Salvador. Ele veio ensinar o AMOR. Como querer ensinar qualquer coisa para qualquer pessoa, se nós mesmos não damos atenção à maior lição do mundo?

Não se preocupe em dar algo de valioso e que possa te fazer alguém esnobe. Preocupe-se em doar-se. Doe seu amor, seu abraço, sua gentileza, sua compreensão. Ninguém vai te enaltecer? Se você está neste patamar, tem que rever sua vida, com certeza.

É NATAL... energia de luz...

À minha família maravilhosa, aos meus amigos verdadeiros que não me abandonaram nos meus momentos de aflição, aos amigos virtuais que sempre me responderam, que me escrevem, que dão lições de vida, que me fazem refletir com seus pensamentos, que me mostram o quanto posso estar enganada, aos conhecidos que me fazem rir, que me fazem chorar, aos meus clientes que através das suas visitas sempre me trouxeram, de alguma forma, uma energia de alegria e amizade, às pessoas que entram e se instalam nos meus mailings e que de alguma forma acabam fazendo parte da minha vida em algum momento,

eu desejo de todo meu coração muita FORÇA, muita PAZ, muita ENERGIA, muita SABEDORIA, muitas ALEGRIAS, muita SAÚDE e muita GRATIDÃO!

Que o NATAL seja um portal de mudanças e reconhecimento. Que suas casas sejam abençoadas, que seus pensamentos sejam do bem, que suas vidas sejam exemplos de amor, dignidade e luz.

Que o PLANETA TERRA seja envolvido com a mais pura essência Divina, emanando para o coração de cada um de vocês que esteja lendo este texto. E que vocês possam retransmitir essa essência a todos que cruzarem seus caminhos neste novo ano que vai iniciar.

FELIZ NATAL A TODOS E QUE DEUS OS ABENÇOE!


Namastê!!!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

OS ANOS NO FACEBOOK

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



A febre do facebook tornou-se mundial. E mundial também é a maneira com que as pessoas começam nas redes sociais. Após o cadastro, as postagens são assim:

" Bom dia, estou acordando! Acabei de colocar os pés no chão e vou me lavar. Depois vou tomar uma saboroso café da manhã, porque tenho que sair logo trabalhar. Hummm.... que roupa será que vou colocar? O que vocês acham da minha blusinha azul de renda? Vou ficar esperando sugestões"...

" Olá todo mundo, gostaria que me adicionassem. Sou legal! Quero manter contato com pessoas que sejam legais também. Obrigada se me adicionar e se for legal!"

" Estou indo para o aeroporto internacional de Pirapora, rumo à Paris. Por favor curtam"!

E por ai afora... depois de dois anos de facebook, de muito papo furado, de muita azaração, de encontros e términos de namoros, de propagandas chatas sobre emagrecimento, de fotos lindas, estranhas ou patéticas, continuamos postando.

De dois anos para cá percebo que a conversa mudou. Ainda existem as fotos lindas, estranhas ou patéticas, mas agora percebo um canal de cura e rezas, de trabalhos a serem ofertados, de estimular os exercícios físicos e de  álbum de família, de memória e de amizades.

Os amigos conversam pelo inbox, graças a Deus! A vida de todos ainda é escancarada, mas de forma menos obscena.

Este meio de comunicação, apesar de ter muita bobagem, tem seus créditos, sim. De uma forma bem astral, uniu pessoas e pudemos reavivar amizades que nem sabíamos mais existir. Nossa página é como um diário onde escrevemos nossa vida e pensamentos, com a diferença que não tem cadeado e qualquer um pode avaliar e opinar.

Manifestos, união de povos e sentimentos de incredulidade são comuns e têm auxiliado em muitas ações.

Não temam parecer bobos, pois que todos somos um pouco. Na verdade, o facebook mexe com nossos sentimentos. Ele aguça a curiosidade e estimula o ego. Muitos o temem. Alguns o idolatram.

Mas, como todo "bon vivant" ele está se consumindo pela sedução do whatsapp, cujo poder de distância é maior. A conversa imediata em qualquer lugar do planeta está tomando proporções estrondosas.

Talvez o facebook esteja com os dias contados, como foi com seu primo Orkut. Tudo que é novidade é imediatamente absorvido pela sociedade, até que deixa de ser interessante.

Quando não se tem o que fazer, o facebook torna-se parceiro. Queremos sentir que estamos pertos de pelo menos um alguém. Receber uma curtida é legal, mas 105, nossa! Somos maravilhosos! E podemos sentir nosso ego inflando no peito e sair por ai comentando nossa postagem.

Tem gente que não curte para não dar o gostinho. Afinal, você está sendo muito visto e isso " é mau para minha imagem". Ou simplesmente não quero dizer que estou xeretando as páginas.

E em termos de relacionamentos, essas redes sociais são uma tragédia. Porque nem imaginamos no mundo real a quantidade de amizades e admiradores que nosso amor possa ter. Ficamos tranquilos, achando que somos dois. E o mundo virtual desvenda tudo isso, mostrando um mundo muito maior que o que tínhamos em mente.

O pior de tudo é quando queremos nos manter na obscuridade e vem alguém e posta uma foto nossa sem eira, nem beira. Ou fala algo que queremos manter em sigilo. Esses são os chatos e provocadores.

Mas, quem entra nas redes sociais tem que estar preparado para glórias e frustrações. Estamos dando liberdade de acesso às nossas vidas e sentimentos. Brigas por opiniões contrárias são comuns. 

E por que não experimentar o futurismo? Se você limita o limite entre você e os facebookianos, então pode ser divertido, criativo, esclarecedor e até cheio de idéias novas. Se acha chato e que não te leva a lugar algum, saia de uma vez. 

Agora, deixemos bem claro que se há uma forma de se corresponder com alguém rapidamente e sem gastar nada, ele é genial! Basta que ambos estejam sintonizados.


NAMASTÊ





sexta-feira, 28 de novembro de 2014

PRECONCEITO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Já que está na moda e nas mídias falar sobre preconceito, resolvi escrever minha opinião sobre este assunto medieval. Sim, medieval, pois que vem de longa data todo tipo de preconceito.

A palavra preconceito é exatamente o pré-julgamento de algo. É conceituar pessoas, situações, vidas, de forma injusta perante a sociedade. Quando alguém ou alguma coisa sofre o preconceito de outros, imediatamente se sente à margem da sociedade, causando frustração e até medos.

Só que o preconceito existe desde que o homem ou até outro animal existe. Na natureza também há preconceito. Alguns animais excluem e deixam para trás filhotes com problemas. E porque não lembrar da história do patinho feio? Trabalhar o preconceito de uma forma menos preconceituosa seria o ideal. Quanto mais lenha se põe na fogueira, mais quente se torna o ambiente. A ênfase me parece que está justificando ações muito exacerbadas. É óbvio que existem situações e situações.

Estabeleceu-se que preconceituar é crime em alguns países. Até que ponto isso auxilia ou prejudica? Parece que preconceito tem um pouco a ver com "gosto". Eu não gosto de gente roxa, eu não gosto de quem se veste desse jeito, eu não suporto quem reza para esse deus. Se ficasse só no eu não gosto e ponto final, as coisas talvez não tomassem tamanha proporção. 

Alguns acham que o seu deus é o mais correto e não admitem a existência e a crença de outros. Quero que pensem onde estão todos. Estamos todos num único planeta chamado Terra. Ninguém pediu permissão para habitar aqui. Não gostar de alguém, não nos dá o direito de pisar ou maltratar determinada pessoa. Nos dá o direito de não nos envolvermos com ela, cuidar das nossas vidas e deixarmos ela cuidar da dela.

Quem emite julgamentos de maneira preconceituosa em relação às pessoas, às crenças, ao sexo e outros coisas deveria fazer análise, pois o podre está dentro de si mesmo. Estereotipar alguém é falta de socialização. E quem não se socializa pode ter problemas internos, começando com sua própria auto-estima.

Existem preconceitos de cores, de raças, de religiões, de países, de classes sociais e por aí afora. Vejo pessoas julgando coisas de outras, dizendo que jamais usariam ou fariam tal coisa por pura inveja. E, do nada, elas aparecem com as mesmas coisas noutro dia. A inveja não deixa de ser uma forma de preconceito. Crianças que, desde cedo, já classificam colegas e os excluem sem tentar descobrir o quanto aquela pessoa poderia ser maravilhosa.

Existiram povos que diferenciavam classes sociais com muito rigor. Se um plebeu "tocasse" num nobre, este poderia ser morto. Outros achavam (e acham) sua raça melhor que outra. Pergunto: no quê exatamente, já que todos somos feitos de carne, osso e sangue? Talvez alguns, pelo preconceito de longa data, não tiveram a oportunidade que outros tiveram de se estabelecer, estudar e de ser alguém melhor. Não é motivo para desdéns.

Ouço também preconceito sobre o que um país resolve fazer e o outro copia. Se copiar faz bem, se a ação é válida, por que não imitarmos alguém? Parece que as pessoas ou têm medo que outros sejam melhores ou se sentem infelizes por não terem tido grandes idéias. 

Alguns fiéis que destroem igrejas, templos, estátuas de outros, na verdade não são fiéis à nada, a não ser à balbúrdia e à destruição. Para mim, a partir do momento que você interfere na opinião, na vida de outra pessoa, você está fora do seu limite e dos seus direitos. Isso significa que o maior errado em tudo é você mesmo que não sabe limitar-se aos seus ideais, às suas crenças e às suas atitudes.

Quem faz estardalhaços matando, queimando, destruindo pessoas e coisas é um infeliz que não descobriu sua própria verdade. Projeta nos outros problemas, traumas e educação mal recebida.  Quem é preconceituoso, seja lá com o que for é mal resolvido. 

Por mais que o inconsciente coletivo da humanidade esteja sempre presente em qualquer tempo e época, influenciando de várias maneiras todos nós, temos ferramentas de sobra para nos tornarmos seres melhores e justos.Crime não é ter opinião, crime é não resolver a si mesmo!!! 

E quem usa do preconceito de alguns para com sua pessoa, para se fazer de coitadinho ou tirar proveito disso é outro doente na minha opinião. Também precisa resolver-se e deixar de ser preconceituoso com si mesmo.

NAMASTÊ

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

MAIS QUE UM SIMPLES ABRAÇO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)




Quem não gosta de abraço apertado,
daqueles bem esmagados que chegam a dar falta de ar?

Abraços podem ter vários sentimentos,
vários significados e até alguns constrangimentos.

Mas abraços de verdade, aqueles de amor, de carinho,
que cola coração com coração
são difíceis de encontrar.
Podem passar anos e até uma vida
e o abraço sincero, de quem quer sentir a energia,
talvez nunca apareça para alguém nos dar.

Não é somente abraçar,
mas transferir um algo mais.
Não é somente apertar,
mas receber o que se precisa demais.

Abraços podem durar anos sem se desfazer,
quando a lembrança do abraço entra em nosso ser.

Abraço não deveria ser dado sem ter sentido,
pois que um abraço mal dado,
é sem graça e descabido.
Faz o outro sentir-se um tolo,
parecendo apenas consolo,
dado a alguém por obrigação.

Gosto de abraços de urso,
que envolvem todo corpo e apertam demoradamente.
Que nos fazem sentir o perfume e embriagam a alma,
de uma alegria infinita e protetora.
Nada de abraços com batidinha nas costas,
parecendo um código de chega disso!

Aquele abraço que enrola os braços
no pescoço de quem se abraça,
e que recebe dos outros braços,
o enlaçado nas nossas costas.

Não, o abraço não vem de qualquer um,
nem vai pra qualquer pessoa.
Ele é guardado especialmente para alguém,
que sabe exatamente o que desejamos.
Esse abraço, e não qualquer outro,
é o abraço profundo,
que em apenas um minuto,
consegue atingir nosso mundo!

NAMASTÊ

A VERDADE DAS PESSOAS

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Que verdades você esconde
que jamais pode revelar nem a si mesmo?
São amores frustrados e amizades amargas,
ou atitudes impensadas,
que ainda cutucam no íntimo
e que insistem em não te deixar em paz?

Mentir para si mesmo não parece solução.
Existem sombras que não se apagam sem compreensão.

Esconder para poder sobreviver,
tem sido o fado de alguns.
Não resolve a amargura e o problema
e quando vem à consciência, torna-se um dilema.

Nossas verdades estão submersas
em fundos poços que não queremos abrir.
Mas a vida traz momentos
em que, sem nos darmos conta,
essas águas vão emergir.

Como resolver tais questões
que afloram sem o mínimo convite?
Busque o autoconhecimento,
saiba trabalhar o que tem lá dentro
e que você pensa estar morto.

Não despreze esse trabalho
que te mostrará um caminho,
para que você se sinta em paz
e limpe seu poço de todo espinho.

NAMASTÊ

domingo, 16 de novembro de 2014

ORAÇAO PELAS CRIANÇAS

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Rezo hoje pelos seres pequeninos, que não têm culpa de sua inocência e que acreditam num mundo bom e digno.

Pelas crianças que, ao chegarem, são recebidas com desdém,
Pelas crianças que tem sua vida bloqueada pela injustiça e maldade do mundo,
Pelas crianças que nem sabem quando deixam de existir, porque ao estarem brincando uma bomba explode ao lado delas,
Pelas crianças que não entendem porque seus pais ou suas mães inventam desculpas para não estarem perto delas,
Pelas crianças que não tem oportunidade de saber o que é brincar, pois desde cedo precisam trabalhar para ajudar em casa,
Pelas crianças que não conseguem ser ouvidas, nem pela voz, nem pelo olhar,
Pelas crianças abandonadas e sem carinho,
Pelas crianças violentadas, surradas e espancadas, sem a mínima condição de serem salvas,
Pelas crianças que imaginam e sonham, sem ter qualquer esperança de uma vida melhor,
Pelas crianças que sorriem, que querem ser abraçadas e que precisam de amor,
Pelas crianças que são usadas para a maldade do adulto,
Pelas crianças que não tem família, nem ensinamentos sobre união,
Pelas crianças que jamais conseguem andar, se expressar ou ouvir o som do mundo,
Pelas crianças que choram e gritam sem serem ouvidas,
Pelas crianças que não conseguem ter brilho no olhar, porque não vêem brilho no mundo,
Pelas crianças que choram a solidão e a perda de referencial,
Pelas crianças que sentem a fome não só dentro do estômago, mas também do coração,
Pelas crianças que não sabem mais o rumo que tomar...

Pelas crianças que são abraçadas, amadas,
Pelas que sabem sorrir,
Pelas que tem um lar decente e digno,
Pelas que crescem sabendo o que é viver,
Pelas que tem com quem contar,
Pelas que ao chegarem, sentem o que é o amor...

Por todas elas, por todos os seres infantis, eu rezo e peço por elas.

Para que encontrem um caminho,
uma mão amiga,
um abraço quentinho,
um colo eterno,
um afago no coração,
um gesto de bondade que a ensine a caminhar,
um HUMANO que a faça ser um ADULTO MELHOR.

Deus de todo poder e bondade,
Olhai as crianças da Terra!!! Dai a elas a força, a esperança e um adulto simplesmente amoroso e incrivelmente de luz.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,

Amém.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

MENSAGEM DO ANJO DA LUZ

(recebida através da meditação neste dia)

Bom dia a todos! hoje, ao meditar, recebi esta mensagem que devo divulgar. Creio que muitos saberão recebê-la em seus corações. Deus esteja conosco!
Amém



Eu sou um Anjo da Luz.
Guio a vida terrena através de bons pensamentos e emanações energéticas. Estou Aqui e Agora. Venho trazer-lhes notícias sobre os trabalhos.

Com a força da Luz, vibrando em estações diversas e incansavelmente, estamos conseguindo bons resultados na mente universal. Os passos seguintes serão árduos para a humanidade. A união no amor, nas amizades verdadeiras e no esforço comum para o bem serão necessários. 

Eu Sou uma Legião, Eu Sou uma Organização. Venho através de vários escolhidos. Ergo a minha clave desbloqueando caroços energéticos. Estou unindo corações no trabalho e, aqueles que aceitarem e ouvirem o chamado, estarão recebendo orientações através do seu espírito e sentirão mudanças profundas em sua visão de vida.

Eu Sou o Enviado para este momento preciso. Não abandoneis o chamado. Recolhimento, perseverança e amor. Sempre muito amor! Esse amor que desfaz os obstáculos e encerra o mal. Abstinência e preparo alimentar.

A Nova Era está por vir, mais próxima do que imaginam. Organizem-se, ouçam seus corações e não abandonem suas orações. Choros inexplicáveis são sinais de descarregos da alma. Conheça teu corpo e ame-se!

Seus espíritos estão em grandes transformações. As sombras estão se dissipando. Pensem em auxiliar e menos em ter. Ordem e desapegos. Argumentem e aprendam. Movimentem a energia. Seja um aprendiz e um professor.

Nós estamos aqui. Eu Sou quem você espera, sem ao menos ter conhecimento. Nada será mais gratificante que o conhecimento de estar e ser.

Bendito seja Deus e a Luz que Dele emana!

Um bom dia a todos e que o Amor vença os obstáculos!

Eu Sou o Guerreiro da Lança Azul


Namastê

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

O CAMINHO SOLITÁRIO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)




Parece triste, mas é algo infinitamente valoroso. Necessita mais atenção e exige dedicação completa.
Traçar um caminho solitário, sem que algumas pessoas estejam constantemente influenciando seu pensamento, me parece gratificante. Gosto de pensar que ele é, particularmente, aquele que nos faz realmente buscar.

Quando falo de caminho solitário, estou me referindo a todo aprendizado que colhemos dia após dia na jornada. E, se não colhermos, nos perdemos no caminho. Então, ele é de fato exigente e nos faz grandes observadores. Esse caminho é aquele que nos obriga a descobrir as coisas sozinhos, sem que precisemos de rituais pré-determinados, de clãs ou grupos de pessoas que digam o que fazer e como fazer. Liberta-nos de convenções e regras que muitas vezes, diga-se de passagem, só fantasiam a causa.

Nos detemos a leituras, pesquisas, observações e conversas com pessoas de mais sabedoria. Praticamos a meditação e a busca interior que, com o tempo, vai ajudando a desvendar mistérios e saber como agir em determinadas situações.

Não é fácil, mas é livre de imposições. O pensamento é intuitivo e as ações são, quase sempre, auxiliadas por seres espirituais. Trocar figurinhas pode ser interessante, mas não necessariamente uma imposição.

Não nos prendemos a dias, horários e locais para a realização de rituais. A sensibilidade diz o momento certo de agir, de buscar e de trabalhar.

Caminhar sozinho, sem fazer parte de algum clã, pode ser desestimulante, pois parece que alguns só acreditam quando se reúnem pessoas. A fé é o maior combustível para este trabalho. Ela faz com que você acredite em você. E, se ninguém acreditar, o que te sobra é a dignidade de ser realmente verdadeira. Porque para ser aceita em grupos, normalmente você acaba tendo que pensar e agir conforme o grupo.

Eu estou neste caminho solitário. Meus trabalhos são inspirados pelos meus guias, pelos seres da luz. E acredito que tudo que busco é indicado por eles. Tudo que faço é auxiliado por eles. E é para eles que deixo neste texto, minha eterna gratidão.

NAMASTÊ



quarta-feira, 22 de outubro de 2014

O PODER DE CRIAR

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Era uma vez um pincel que ficava jogado num canto, ainda com suas cerdas intactas, sem nenhum vestígio de tinta. Ele, obviamente, não sabia que poderia criar tantas imagens quanto suas cerdas suportassem. Não fazia idéia que se levantasse e fosse ao encontro dos seus sonhos, poderia pintá-los em sua vida.

Adormecido pelo tédio, vivia uma vida rotineira, sem agitar e sem pintar as cores em seu caminho.

Um dia, visitado por um ser espiritual, foi severamente acordado e levou um grande susto. A luz o ofuscava e perguntava com voz rude o que ele fazia que não estava cumprindo a missão que lhe fora dada. Ele não entendia ou simplesmente achava que não entendia, pois jamais tinha pensado profundamente naquilo.

A luz foi embora e deixou o pincel pensando com suas cerdas o que poderia fazer para melhorar a situação. Foi quando uma criança o encontrou e o tomou nas mãos. Levou-o para longe daquele canto já acostumado com seu peso e o apresentou à uma aquarela.

Era a primeira vez em sua vida que levantava para tomar um banho e aquilo refazia suas forças e lavava "a alma"! Logo se viu dançando com cores numa linda tela branca. Suas cerdas remexiam e ele se admirava com os formatos que apareciam. Estava se sentindo útil demais para desistir daquilo, apesar de cansado. O tempo de ficar parado o tinha deixado fora de forma, mas queria continuar.

Ao término de algumas horas de trabalho, percebeu o quanto estava bem e feliz. Afinal, sua missão estava sendo realizada. Ele estava ajudando a colorir e criar. Queria mais e mais. Almejava que no dia seguinte tudo continuasse e ele pudesse criar mais vida na vida de todos, mexer com a imaginação das pessoas e fazer tudo mais bonito.

Ele tinha encontrado seu caminho: criar! A criança continuou com o pincel por muito tempo ainda, criando novas paisagens, exteriorizando seus sonhos e pensamentos. O pincel estava realizado por fazer parte daquilo. Sabia que sozinho e sem força, talvez nada acontecesse. Mas com vontade e fé conseguiu ser visto e usado para fins que o deixaram cumprir sua atividade. O tempo passou, ele mostrou sua força e utilidade para o mundo e, ao se apagar, seu coração ficou vivo no coração dos que admiraram seu trabalho.

Esta é uma história para você analisar sua vida e pintar sua paisagem. Ou você fica sentado esperando o tempo passar, ou você arregaça as mangas e pinta seus sonhos, sua vida, de forma a colori-la da melhor e mais bonita maneira.

E, lembrando que sempre estamos sendo avisados pela luz quando está na hora de agir, de nos mexermos. Eles nos ajudam, nos empurram de alguma forma através de acontecimentos, amigos, palavras, frases, enfim de diversas formas. Se estivermos dispostos a ver e ouvir, encontraremos o rumo certo de nossas vidas. E, com o coração sempre aberto e os olhos voltados a Deus, saberemos distinguir o bem do mal e discernir o rumo certo.

A certeza é você ser feliz...

NAMASTÊ

domingo, 12 de outubro de 2014

A PESSOA QUE TE TRANSFORMA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Este título surgiu em uma de minhas meditações, quando comecei a mentalizar pessoas que simplesmente mudam ao conviver com outras.

Algumas, com a graça de Deus, melhoram muito e outras, ao contrário se perdem totalmente. Isso serve para avaliarmos quão importantes são as companhias que escolhemos para conviver.

Sobre as que melhoram, não temos muito o que comentar, a não ser que elas receberam um presente ao terem a oportunidade de unir-se com alguém do bem, que as colocou no mesmo caminho.

Infelizmente, existem pessoas que mudam completamente ao encontrar companheiros ou amigos e com eles começarem uma convivência. Talvez não reparem que seus sorrisos viraram deboches ou que suas boas maneiras transformaram-se em grosserias.

Ao analisar o por que de tudo isso, imaginei coisas do tipo: medo, aflição, orgulho e falta de personalidade. Todos esses sentimentos podem surgir caso a pessoa se envolva de forma intensa e não consiga desvencilhar-se psicologicamente, convivendo num eterno jogo de parasitismo, onde uma suga a energia da outra.

Nosso sentimento de solidão é um dos mais responsáveis pela mudança de comportamento das pessoas. Quando alguém percebe que o outro é vulnerável, consegue administrar a relação fazendo com que seja submisso às suas idéias e atitudes.

A segurança de uma personalidade bem resolvida não deixa que outros o desviem de um caminho que você escolheu. Você só deixa se levar pelas belas palavras de alguém, quando está mal resolvido e infeliz.

Algumas pessoas tentam de todas as formas criar vínculos com outras a fim de sugar sua energia e tirar delas o direito de decidir. Então elas mudam. Ao estarem em companhia destas pessoas, ficam nervosas, sem graça e sem opinião. Procuram sempre estar escondidas ou não dizer o que vão fazer, para que os outros não possam contradizê-las. As pessoas que sentem vazio interior tendem a se deixar dominar por seres de forte opinião e que podem as levar a vários erros.


Já vi pessoas que são extremamente alegres sozinhas e ao encontrarem alguém dominador ficam nervosas e respondonas. Por qualquer motivo ou pergunta feita a elas, retrucam com nervosismo e arrogância.

É triste saber que alguns se deixam dominar totalmente por causa da solidão. Não admitem isso, mas são pessoas frustradas sentimentalmente e que têm medo de se ver novamente sozinhas, se jogando em relações vazias e sem nenhum futuro, a não ser o de ser um eterno dependente.

Existe uma grande diferença entre concordar algumas vezes e ter uma relação de troca e estar sempre com medo de perder o outro, dizendo sim a tudo, tornando-se cada vez mais infeliz e distante, não só das pessoas que antes o rodeavam, mas de si mesmo.

O problema maior de tudo isso é que chegará a hora em que a pessoa manipulada não saberá mais quem ela é, ficando sem opinião alguma e só em prol da vida interligada ao manipulador. Cabe a cada um que se sentir assim, analisar friamente sua vida e seu Eu Interior que, com certeza, estará lhe dizendo ou até gritando para você se libertar e enxergar de vez o seu caminho.

Observe melhor suas relações, para que você não seja controlado por alguém, pois isso pode tirar você do caminho que veio percorrer no mundo, além de tirá-lo das pessoas que realmente o amam.

NAMASTÊ

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

QUEM GARANTE


Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Quem garante que todos que eu encontro na rua são humanos,
quem garante que a tua palavra jamais vai se romper?

Quem garante que a luz das estrelas um dia não se apague e
quem garante que teu amor por mim jamais vai se perder?

Nenhuma garantia tenho dos dias que ainda viverei,
nem ao menos sei o que se passará após meus olhos adormecerem.
Nada sei sobre cada passo que eu der, onde de fato eles me levarão,
nem ao menos sei se onde quero chegar, chegarei.

Quem garante que amanhã eu verei novamente o sol e
quem garante que a tua luz brilhe mais que a minha?
Quem garante que o sabor que sinto na fruta,
seja o mesmo que você experimenta?

Nada sei de garantias nesta vida, apenas levo o destino na palma das mãos.
Por onde ando, garanto que risco meu caminho,
mas não garanto que esse risco seja o caminho certo.

Quem se garante como ser digno, honesto e amável por toda a vida?
Quem garante que ao olhar no espelho a gente veja o que realmente é?

Quem pode garantir que essa seja mesmo a realidade ou
quem garante que tudo isso não seja a grande ilusão?

Quem garante que você está correto em seu pensamento,
se nem ao menos analisa os acontecimentos, simplesmente os aceita para sua própria ventura?

Quem garante que amanhã o vento não varra tudo na passagem,
inclusive a nós que viraremos miragem?

Quem garante que as palavras sejam tão profundas e sinceras,
que possam encantar e modificar o que há dentro de nós?

NAMASTÊ
 

sábado, 4 de outubro de 2014

DA BOCA PRA FORA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Como é fácil falar e mostrar o que realmente não se sente.
O sentimento que nos afoga o peito quando estamos frustrados chama-se despeito.
Tal sentimento barbariza tudo que de bom havíamos vivido.

Roteiro certo dos rompimentos, sejam amorosos ou profissionais, o despeito faz com que o desapontamento, tão dolorido, seja camuflado de maneira enganosa.

A facilidade da comunicação hoje em dia, faz com que nossa ansiedade seja extremada com relação à vontade de expor situações e palavras, a fim de cutucar o outro numa provocação.

Isso normalmente acontece, quando dentro de nós ainda temos sentimentos por determinada pessoa ou lugar. E para não nos sentirmos inferiorizados, após termos sido afastados, a explosão de sentimentos mesquinhos acontece.

Para todos que veem tais manifestações, é óbvio que estamos despeitados. Parece que só nós não enxergamos isso, sofrendo ainda mais com essa afeição rejeitada. Insistimos, então,  na divulgação de fotos e palavras onde aparecemos de maneira feliz, na tentativa somítica de criar ciúmes e alertar para a perda.

Nossa autoestima está tão baixa que não conseguimos focar em nossas vidas. Passamos o dia refletindo sobre como atacar o outro, a fim de conseguirmos o que pensamos ser uma pobre vingança. Mal sabemos que nosso tempo e energia está sendo desperdiçado com vãs atitudes e que ainda, mereceremos o título de infantis.

O coração não nos engana, o que nos engana é nosso pensamento. Apesar de dizermos a todos que aquilo não está mais nos afetando, nem nos nossos planos, nosso coração fica doendo e o jogo continua num eterno conflito interior.

O melhor mesmo é sermos donos de nós. Se sofrermos, sofremos até onde puder, para que não nos destrua. E também não devemos destruir a paz do outro. Pode ser que ainda haja uma oportunidade de retorno.

Lembram da velinha de bolo que mesmo assoprada, acende novamente algumas vezes? Isso pode acontecer em nossas relações. Só que ela se apaga realmente quando supriu todas as tentativas de reacender ou apaga quando alguém resolve apertá-la com os dedos molhados. Essa ação representa bem o que fazemos com o que ainda poderia dar certo. Irritamos, provocamos tanto outra pessoa com atitudes e palavras infelizes que apagamos de vez a vela da relação.

Sabemos que é difícil nos conter por causa da nossa autoestima. O melhor mesmo é deixar que o tempo mostre se ainda haverá retorno. Às vezes, insistindo em algo tão complicado, estaremos atrasando o aparecimento de alguém ou de uma nova oportunidade, que possa reacender nossa vela.

Portanto, segure sua boca o máximo que puder, porque o grande lance é estarmos de bem com nós mesmos e deixarmos que o curso do rio encoste galhos e sujeiras, para que nossas vidas possam fluir tranquilamente.

NAMASTÊ

AO IR EMBORA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Não leve embora a alegria que iluminava os dias
Não leve embora a energia que movimentava a vida
Simplesmente se vá, se quer ir,...

mas não leve embora a vida que brilhava todas as manhãs.
Não me deixe sem chão, sem saber o que fazer ou no que pensar.
Simplesmente me deixe, mas não leve embora minha paz.
Não carregue consigo os tesouros de meu caminho
eu te deixo ir, com toda a paz que puder sentir.
A busca é imensa e o que construí foi árduo,
mas deixe-me saborear os sentimentos sem destruí-los.
Vá, procure seu caminho,
e não leve embora o que não pertence a você.


NAMASTÊ

terça-feira, 30 de setembro de 2014

O PAU DA BARRACA

Autora: Josianne L.Amend ( JosiLuA)


Alguém já analisou o termo " chutar o pau da barraca" na sua essência?  Porque é fácil dizer vou chutar o pau... O problema são as consequências disto.

A primeira coisa que devemos pensar quando usarmos o termo, é imaginarmo-nos dentro da barraca. Se algo assim acontecer, o maior prejudicado talvez sejamos nós mesmos, pois, literalmente, a casa cai e bem em cima de nós.

Agir sem pensar pode ser gratificante para o orgulho, mas quando " a poeira abaixa" e o raciocínio sobrepõe o sentimento pode ser tarde demais para recuar. Já ferimos o suficiente para nunca mais nos relacionarmos como antes com aquela pessoa que um dia foi importante.

Parece divertido agir em prol do próprio orgulho ferido. O problema é que as consequências normalmente são catastróficas.

O pau da barraca seria o alicerce que unia ainda algo bom, que poderia ser pelo menos lembrado com respeito. A dita madeirinha é a atitude impensada que desarticula tudo que foi interessante para nossas vidas.

Se este sustentáculo for chutado com a intenção de mudanças de atitude, mas não de ferir alguém, ele pode ser até uma ferramenta de poder. Afinal, há um limite para tudo. E você ficar aguentando desaforos ou outras coisas na vida, sofrendo no dia a dia e sentindo-se cada vez mais injustiçado e infeliz, não é algo que te levará ao crescimento, mas à frustração. Nesta hora, chutar o pau da barraca, deixando que a mesma caia e você pule para outro lugar pode ser o start para uma vida melhor.

Tudo dependerá de um pouco de visão e inteligência. Visão de novas oportunidades e inteligência para deixar de uma vez para trás o que não te ajudava a ir para a frente.

Existe ainda uma outra opção para a barraquinha desengonçada. Quando, após chutar o pau, resolvemos tentar alçar a lona com as mãos, fazendo acrobacias para ver se ainda resta uma oportunidade de ficarmos ali. Ora, se chegamos ao ponto de chutar é porque algo não estava funcionando como deveria e após algumas tentativas de sucesso, tudo se perdeu numa explosão.

Se fizemos a casa cair, a energia se desprendeu e o melhor agora é seguir em frente. Consertar a barraca pode deixar vestígios e alguns ventos e água podem vir a fazer parte da morada. Nunca mais será a mesma.

Portanto, se você se acha o melhor porque tem atitudes violentas ou impensadas, comece a sentir o doce sabor de morar à luz das estrelas, porque não existirá barraca que suporte, por muito tempo, alguém que não pense, que aja por impulso e que viva se arrependendo.

Agora, se você tem a oportunidade de desmoronar uma barraca podre, que só te dá alergia e insatisfação, faça-o. E corra para a liberdade. Neste sentido, você estará protegido, não pelo orgulho, mas pela decisão de uma vida melhor.

Então, ou você passa a vida tentando construir castelos em areia de praia ou elabora planos que possam te mostrar onde deve firmar sua estaca.

NAMASTÊ