Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

quinta-feira, 29 de junho de 2017

QUEM VOCÊ É

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para quem você é

É interessante como podemos ser muitas coisas em uma só pessoa. Alguns gostam mais de enaltecer um dos lados ou talvez, passam a vida toda num lado só.

Mas, normalmente, conforme o momento, podemos nos transformar facilmente. E de julgadores, passamos a julgados. A questão é que nem todos conseguem controlar seus instintos animais e avançam para os lados de suas sombras com a maior facilidade.


Você é o que rouba ou o que luta para conseguir?
Você é o que se vinga ou o que perdoa?
Você é o que se corrói ou o que ama?
Você é o que mendiga ou o que busca seu sustento?
Você é o que se corrompe ou o que é leal as regras?
Você é o que finge ou o que é sincero custe o que custar?
Você é o que se entrega ou o que luta até o fim?
Você é o que quer viver na ignorância ou o que pesquisa e gosta de saber mais?
Você é o que atrapalha ou o que ajuda?
Você é o que torce pelo fracasso alheio ou o que é feliz pelos outros?
Você é o que joga praga ou o que reza?
Você é o que repara ou que se satisfaz com o que tem?
Você é o que não sabe dar valor ao lugar onde está ou o que apesar do cargo, ouve e trabalha para o bem geral?
Você é o que só pensa em si ou o que compactua com a partilha?
Você é o que deixa rastros de limbo ou o que ilumina o caminho
Você é o que usa a força ou o que usa a sabedoria?
Você é o que não acredita  que não terá retorno às suas atitudes ou o que tem consciência que veio para cumprir uma missão?

Na verdade, a consciência de cada um parece ser diferente. Uns não se importam com nada, outros com tudo. Uns não tem nenhuma integridade moral, outros preservam o que de bom existe dentro de si.

Quem realmente você é neste mundo? Sabemos que existe tudo, a bondade e a maldade. Cabe a cada um saber que daqui nada se leva, a não ser aquilo que foi e realizou a vida toda.

Namastê

quarta-feira, 28 de junho de 2017

FACILITE

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Resultado de imagem para deixe-ajudar

Talvez pequenas atitudes possam facilitar sua vida e amenizar seu fardo.

Se estiver com frio, abrace alguém com força.
Se estiver com calor, abra a janela e deixe que o vento te abrace.
Se estiver cansado, por que não deixar que alguém te massageie gostoso?
Se estiver com muita tristeza, procure um lugar na natureza e, sozinho, deixe-se envolver pela energia.
Se estiver com medo, nada melhor que desabafar com alguém que te entenda, talvez numa oração.
Se estiver com dor, mude o foco, assistindo uma boa comédia.
Se estiver apreensivo, respire profundamente diversas vezes, feche os olhos e reze.
Se estiver com preguiça, tome um banho demorado e cheiroso.
Se estiver com raiva, saia caminhar e distraia os pensamentos vendo jardins e a natureza.
Se estiver com fome, simplesmente supra seu corpo, sem culpa.
Se estiver carente, não se feche. Até o abraço de uma criança estranha pode mudar seu mundo.
Se estiver solitário, saiba que alguém também está. Aproveite e use os meios de comunicação. Ligue, chame, se faça presente.
Se estiver precisando de ajuda, peça. Abra as portas para que alguém possa servir.
Se estiver elétrico, ponha os pés na terra e descarregue.

Facilite as coisas para você e para todos. Colabore com a movimentação de energia no universo. Não espere, não demore, não sofra, não se apiede de você mesmo. Apenas abra-se para que algo de bom possa acontecer.

Alimente sua vida com boas atitudes, envolva-se com as pessoas de forma a facilitar a sua vida e a delas.Não seja exigente, nem manipulador. Não cobre ou controle o tempo delas. Não faça teatros ou crie monstros, só para tê-las ao seu lado. Tudo tem um movimento que tende a te cobrar as atitudes egoístas.

Mas, se estiver indeciso, pesquise, leia, busque informações.
Se estiver confuso, aguarde, analise e sinta mais seu coração.
Se estiver incapaz, recupere-se, espere, fortaleça-se.
Se estiver indignado, não haja, alimente em si a tolerância através da fé.

Todos podem ter uma vida melhor, principalmente os que estão ao seu lado, se você simplesmente facilitar o diálogo, seu tempo, suas atitudes. E não se surpreenda se, de repente, essa vida der uma volta de trezentos e sessenta graus.

Namastê

terça-feira, 27 de junho de 2017

TODOS SÃO ESPECIAIS DE ALGUMA FORMA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para especial


Fui inspirada a escrever este texto, porque hoje levei minha neta Joana ao colégio. Fomos conversando e estudando, pois ela tem prova de História. Fiquei ouvindo ela me falar sobre a história do Brasil, dos indígenas, dos portugueses e africanos. Além de ter que saber as comidas típicas de cada região. 

Ao me despedir dela, ficamos nos olhando por longo tempo. Ela andava, olhava para trás e mandava beijinhos. De repente resolveu voltar e me abraçar forte. Já longe, eu a observava e ela parou e uniu seus polegares e indicadores em forma de coração. Fiz o mesmo. É muito amor! Ao chegar no trabalho estava me sentindo em paz, feliz e imensamente grata a Deus pela minha família. Ela é especial.

Comecei a pensar sobre todas as pessoas e o quanto elas podem enaltecer a sua beleza, a sua riqueza interior com simples gestos de amor e carinho. E no quanto as pessoas fazem questão de ampliarem o lado oposto, achando que com isso vão ter o controle e o poder em suas mãos. Sinceramente, isso pouco importa para mim, contando que eu seja feliz e tenha a paz necessária.

Cultivar nosso lado bom, nosso fio de amor que nos liga ao universo é um trabalho lindo e ao mesmo tempo difícil, já que estamos o tempo todo sendo bombardeados por coisas ruins - pessoas, notícias e atos de violência. Mas eu não desisto de regar todos os dias o amor em mim. 

Acredito que todos nós somos especiais de alguma forma para alguém. Uns se sobressaem na maneira tranquila e serena como falam, outros na bondade das ações, outros na preocupação com seus semelhantes ajudando de alguma forma, outros nas habilidades incríveis em suas profissões. Tenho o costume de observar muito tudo: pessoas e suas maneiras de ser, a natureza, a vida.

Costumo ser grata por tudo que Deus coloca em meu caminho. E já conheci pessoas que simplesmente cruzaram este caminho como um raio na tempestade. Porém, elas deixaram marcas mais profundas que outras que estão até hoje em minha vida. Uns são mais especiais para alguns, do que para outros. Não sei se isso significa afinidade, carma ou apenas simpatia. O que sei é que de alguma forma, todos são especiais para alguém.

Estou falando do lado bom das pessoas, porque ser especial significa ser luz e não trevas. Ser especial é como minhas netas, meigas e doces que me inspiram a ser melhor cada vez que estou com elas. Tenho uma vontade ainda maior de amar, de cantar, de sorrir. 

Todos deveriam cultivar, regar e colher os frutos de seus ideais, aprendizados e vontade de ser realmente uma pessoa do bem, da paz, da luz. Mas, infelizmente, a maior parte da humanidade insiste em cultivar o que há de ruim em si mesmo, achando que com isso irá crescer na vida. Depois, sofrem as terríveis consequências da dor, da raiva, da loucura, se achando injustiçados.

Devemos nos unir cada vez mais às pessoas que nos são caras, nos transmitem energia e alegria e tentar de alguma forma nos proteger do que prejudica. Mas também podemos cultivar a tolerância e tentar sentir como uma pessoa pode ser especial, ajudando para que desenvolva seus potenciais. É maravilhoso quando alguém acredita em nós. Quando nos dá uma oportunidade de desenvolvermos dons e melhorias.

Posso não gostar de algumas pessoas ou não simpatizar com elas, mas acredito que elas tem sua essência peculiar. O que importa é eu não interferir no caminho delas, seja de que forma for. Deixe que cada um possa ser capaz, afinal o mundo é um apanhado de atitudes, idéias e trabalho de todos. Ninguém faz nada sozinho. Estamos interligados de alguma forma, mesmo que não pareça. Então, respeitar cada um é importante, para que os caminhos se abram.

Percebam o quanto minha neta, com sua doçura e amor, me inspirou e transformou meu dia ainda mais, em um dia melhor e feliz. Acha tudo isso besteira? Talvez esteja na hora de deixar de olhar só para você e começar a perceber um mundo ao seu redor.

Todos são especiais de alguma forma e você, que está lendo este texto, tem uma linda história para deixar como legado ao mundo, ou pelo menos aos que te conhecem. Comece hoje a se transformar e mostrar o quanto é especial.

Namastê

sexta-feira, 23 de junho de 2017

A HISTÓRIA DE NINGUÉM

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para andarilho


Existiu em algum momento da história da Terra, um lugar chamado União. Era um vilarejo escondido no meio de montanhas e matas. Não se sabe exatamente como tudo começou e de onde vieram as pessoas. Apenas que o lugar era tranquilo, de paz e cheio de pessoas que nunca brigavam. Estavam sempre dispostas a ajudar uns aos outros. Todos tinham o mesmo, partilhavam igualmente comida e moradia. As casas eram exatamente iguais. Não se tinha a necessidade de ter mais ou construir mais.

Devido à energia deste lugar, animais se achegavam e eram recebidos com amor e carinho. Também com eles partilhavam o que tinham. As pessoas dividiam tarefas sem se queixar ou definir sexo. Todos plantavam, construíam, enfeitavam. Enfim, o local vivia na mais harmônica personificação de vida.

Um dia, não se sabe como, um visitante conseguiu chegar à União. Todos pararam o que estavam fazendo e fixaram o olhar no estranho. Ele foi se achegando devagar, com medo que os habitantes fossem hostis. Mas não houve reação, apenas esperaram para ver o que o andarilho faria.

- Olá, disse ele! Posso adentrar ao vilarejo?

Silêncio... todos se entreolharam. De lá de trás veio um velho, segurando seu cajado, barbas longas e brancas. Chegou bem perto do homem e disse:

- Quem és tu e de onde vens?
- Meu nome é Ninguém e venho de muito longe, de vários lugares. Não sei exatamente onde nasci. Sou um solitário caminhante. Encontrei ao acaso este lugar e estou precisando descansar e comer.

O bondoso ancião o convidou a entrar. Deram a ele comida e banho. O coração das pessoas daquele lugar era cheio de amor e bondade. 

Ninguém foi ficando, pois sentia prazer em tudo. Gostava das pessoas e da vida que levavam. Começou a ajudar em tudo, em ensinar o que tinha aprendido mundo afora. As crianças o rodeavam para ouvir suas histórias. Os adultos aprendiam novas técnicas de jardinagem e construção. O ancião estava feliz por não ter se enganado e ter acolhido o forasteiro.

Passaram anos e Ninguém tornou-se um habitante oficial de União. Ele também tinha aprendido muito. Na verdade, aprendido mais do que ensinado, apesar de ter andado por tantos lugares e visto tantas pessoas. Mas Ninguém começou a se sentir estranhamente sufocado por não poder mais conhecer outras paragens, outras pessoas e culturas. E um dia falou para o ancião que iria embora. Todos ficaram chocados! Nunca alguém quisera sair dali, pois União era um lugar perfeito.

Mesmo assim, Ninguém juntou pouca coisa, despediu-se e definiu um rumo. E começou novamente uma outra jornada, feliz com tudo que havia aprendido, visto e conhecido. Mas satisfeito pela decisão de seguir seu rumo.

Ninguém foi meditando em seu caminho e, ao avistar uma pedra enorme, resolveu deixar gravado nela seus sentimentos. E até hoje, nesse lugar, se lê o seguinte:

" Onde existem pessoas de bem, Ninguém não pode mudá-las. Pois são elas que mudaram Ninguém"!
" Quando alguém precisar aprender algo na vida, Ninguém poderá ensinar. Mas deve abrir seu coração e deixar que o mundo entre nele, como Ninguém foi capaz de se abrir"!
" Ninguém pode entrar no mundo de alguém sem pedir licença. E ao ser recebido, deve haver respeito, dignidade e compartilhamento"!
" O que Ninguém nunca esquecerá é de como a União faz a força e o bem para todos"!
" Ninguém é solitário, mas isso é só um caminho. Pois mesmo na solidão, um coração pode ser de todos"!
Ass: TUDO ( meu verdadeiro nome)


Namastê

quinta-feira, 22 de junho de 2017

DIA APÓS DIA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para dia após dia


Dia após dia, os sonhos continuam a ser planejados.
Dia após dia, os sentimentos florescem e murcham, como a natureza e o tempo.
Dia após dia, vive-se o momento, pensando no futuro.
Dia após dia, o cérebro enfraquece, as mãos vão desgastando e o coração bate conforme a dor.

É uma vida que tem hora para começar e para terminar.
A dúvida do depois começa a ficar significativa depois que se perde alguém que amamos.
Dia após dia, tentamos sanar o sofrimento e imaginar como será?
Dia após dia, a vida continua ao nosso redor, com mais ou menos entusiasmo, novidades, desilusões.

Mas é no dia após dia que submergimos do fundo do poço,
é no dia após dia que aprendemos a questionar, a buscar, a não simplesmente aceitar.
É no dia após dia que se renovam as esperanças,
ou que alguns se deixam morrer pela tristeza.

Cada dia nosso é um passo para algum lugar em outros caminhos, outras dimensões.
Cada dia nosso conta como um livro inteiro de histórias para o universo.
Por isso, façamos deste aqui e agora, deste dia, o melhor e o mais bem vivido.
Dia após dia, alguém, em algum lugar da imensidão lerá nossa história.

Não há como fugir, nem como virar páginas sem ler, muito menos deixá-las em branco.
Somos interligados de alguma forma, uma hora protagonistas, noutra apenas fazemos parte do elenco.
Saber o por que dos acontecimentos são especulações não comprovadas,
mas quem tem fé e entende o que é essa fé, consegue sobreviver melhor às tragédias.

Dia após dia, as orações estão soltas no ar, estão esperando mãos se unirem.
Dia após dia, somos acalentados nos pensamentos e corações por energias não definidas.
Dia após dia, entregamos nosso trabalho, nossa concentração, nossa expectativa a Deus.
Dia após dia, somos providos de força, de luz, de energia. Uns a recebem de braços abertos, outros apenas ignoram e se queixam de viverem nas trevas.

Estamos dia após dia chegando no momento que mais nos confunde, que mais atemoriza.
E mesmo assim, dia após dia, existem milhões que não usam seu potencial para melhorar, para crescer, para usar o tempo que tem em transformações de vida, saúde, beleza, amor e colaborar para que todos nós, dia após dia possamos transformar nossa nave mãe em um lugar melhor.

Mas, enquanto alguns adormecem na sua existência, dia após dia eu quero desabrochar e não apenas ser uma semente, que com o tempo morra sem despertar.

Namastê


quarta-feira, 21 de junho de 2017

EQUILIBRIO UNIVERSAL

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Resultado de imagem para equilibrio

Uns morrem, outros nascem,
De um lado frio, de outro calor.
Você acredita que haja um equilíbrio sobre todas as coisas no universo?

Pode realmente ter gente passando fome, porque alguns estão morrendo de tanto comer?
Será que algumas pessoas tem dez filhos, para que outras não possam ser pais?

Onde está o lado do mundo que o amor e o ódio estão frente à frente, sem que nenhum vença?

A resposta talvez esteja mais evidente do que pensamos. O equilíbrio se faz ao nosso redor, quando o encontramos dentro de nós. Toda vez que respiramos profundamente, imediatamente irrigamos nosso cérebro de oxigênio e isso nos concede a graça do equilíbrio em atitudes, pensamentos e sentimentos.

Se fôssemos seres mais iluminados, haveria maior equilíbrio no planeta e estaríamos contribuindo mais significativamente para o equilíbrio universal. Infelizmente, são poucos os que buscam formas de encontrar essa compensação para suas vidas. Dedicar-se a um propósito já é meio caminho andado. Se não conseguimos sozinho, busquemos ajuda em livros, em pessoas, em grupos, em terapias, em orações. Mas decidir de que forma poderemos nos dar este presente é uma decisão nossa. 

Não devemos ser formigas andando umas atrás das outras todos os dias. Devemos enxergar mais longe e encontrar o que nos satisfaz, seja em grupo ou no caminho solitário. O importante é a dedicação. Se não nos sentimos seguros, a tendência é encontrar alguém que possa nos orientar. As escolhas devem ser bem analisadas, pois o que se vê são, cada vez mais, pessoas se auto intitulando de mestres, de sábios e querendo, não ajudar, mas se auto ajudar em termos financeiros e de ego.

Se acreditarmos no equilíbrio, haverá uma estabilidade no planeta. Esbanjar comida, dinheiro, em compras, seria uma forma de dizermos que há equilíbrio em nossas vidas? Talvez passemos necessidades em determinados momentos, justamente para acharmos harmonia em tudo que somos, fazemos e vivenciamos.

Qual a relação amorosa que sobrevive ao desequilíbrio de um amor egoísta? Muitos se sentem solitários e ao encontrar companhia ou querem a todo custo sufocar, ou acabam por se sentirem tão confortáveis na relação que buscam divertimento através do desrespeito. Onde está o equilíbrio deste amor que apenas continua e deixa continuar a caminhada de cada um?

Equilibrar-se não é não sentir raiva, mas dosá-la ao ponto de que nós mesmos não sejamos prejudicados pelo que sentimos. Não é amar desesperadamente, mas amar suavemente, sem que a vida não nos sufoque e os pensamentos não sejam neuróticos.

Hoje, aqui no hemisfério sul começa o inverno e no norte, o verão. Equilíbrio para a Terra e para as pessoas. Mas notemos que no frio, equilibramos nosso corpo através de alimentação mais quente, de abraços calorosos, de roupas mais pesadas e quem sabe até um coração mais ardente. 

Acredito que a palavra do momento seja esta: equilíbrio. Não sejamos lerdos demais, nem rápidos demais. Mas andemos na medida certa para observar, sentir e nos inspirar em toda a plenitude da vida.

Desejo a todos autocontrole e uma vida cheia de bons sentimentos. Ficar em cima do muro não é tão ruim, se tiver equilíbrio suficiente para não cair para o lado errado.

Namastê


segunda-feira, 12 de junho de 2017

FOLHAS AO VENTO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para vento e folhas


Um braço abraça o outro quando o vento corta o caminho.
Nariz gelado, pescoço encolhido, olhos quase cerrados,
mas sem deixar de observar a beleza num dia de vento forte.

As folhas grudam nos pés, enroscam na calça e saem voando.
Bueiros e entradas de lojas e casas abarrotadas de matizes entre o laranja e o marron.
Nas encruzilhadas, elas se retorcem em redemoinhos, levantando poeira.

Caminhar em dias de vento e frio sem notar essa beleza é perder.
Porque a natureza é bela em sua excentricidade.
Algumas árvores forram o chão como tapete colorido.

É frio, é congelante, até! Mas é lindo, encanta e purifica a alma.
Os galhos pendem para um lado e outro, dançando.
Quem sabe até cumprimentando os transeuntes dispostos a admirá-los.

Não me irrito, acho divertido. Gosto de aproveitar o que não é comum.
Caminhar pensando, ora buscando desviar de galhos caídos, ora chutando folhas.
É intrigante o colorido se sobressaindo num dia nublado.

E, depois de ventar por tanto tempo, o céu se mostra azul.
Orelhas geladas, lábios secos e olhos lacrimejados.
Mas, desfrutar do frio vendo-o como um palco de sensações é, no mínimo, tentador.

Claro, tremo, meus músculos enrijecem, minhas pernas sofrem,
mas tenho história para contar, tenho motivos para fechar os olhos e sonhar.
Entender a natureza, apreciá-la e compreendê-la é para os amantes, os românticos.

Se dentro da cidade já é um cenário de emoções, quem dirá mundo afora?
Sim, resfria, o frio condensa até pensamentos !
Mas o coração se aquece para quem vê a vida como uma bênção,
para quem não reclama de tudo, para quem simplesmente aprecia o que é diferente.

Realmente Deus nos cobre conforme nosso frio,
nos inspira conforme nossa alma,
nos fortalece conforme nossa fé,
nos dá asas conforme nossa inspiração.

Namastê

sexta-feira, 9 de junho de 2017

AMAR

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Imagem relacionada

Não há dúvidas de que homens e mulheres pensam e sentem diferente. Os nossos cérebros são diferentes. Homens são mais razão, mulheres emoção, apesar de vermos por ai algumas exceções.

Em se tratando de amar, ambos tem sentimentos e demonstram isso conforme sua criação, sua educação, sua maneira de ser. Psicologicamente falando, quem recebeu amor, carinho e atenção na infância, provavelmente será alguém emotivo, amoroso e que gosta de toque. Porém, quem teve experiências ruins, com abusos, agressividade e desamor, tornar-se-á rude, sem emoção e até agressivo. Mas, novamente, dependendo da própria pessoa em buscar o autoconhecimento, ela poderá mudar e ser melhor.

Mas, ler sobre o amor e as formas de amar são maneiras de auto-análise e sentir como reagimos a esse tipo de conexão com as outras vidas. Estamos a três dias de comemorar o dia do amor, por isso decidi falar sobre o assunto.

Um dia, li em algum lugar uma frase que dizia: " Amar é jamais ter que pedir perdão"! Talvez o certo seria dizer "Amar é jamais ter que usar o perdão"! Por que será que nós dizemos que amamos e machucamos de alguma forma, sejam com palavras, sejam com atitudes, nosso amor? Óbvio não praticarmos a paciência, a tolerância e a comunicação suave durante toda a vida. O que aprendemos é que temos que reagir, "sair por cima", nos vingar. De onde vem tanta cultura agressiva, afinal?

Amar é ouvir
Amar é tocar com carinho
Amar é sentir a necessidade do outro
Amar é acolher
Amar é deixar o outro ser livre em escolhas, pensamentos e sonhos
Amar é estar junto, observando, quem sabe orientando, sem tirar o direito de opção
Amar é precisar ver o outro feliz, custe o que custar
Amar é respeitar o limite, o corpo, a vida do outro
Amar não é sugar, prender, sufocar

Será que nós usamos erroneamente este verbo? Ou será que deviam ensinar em casa e nos colégios o significado real desta palavra para que, durante a vida, não vivêssemos de achismos?

O engraçado é que amamos por etapas: num dia, num momento, numa fase. Depois, deixamos de amar e o sentimento pode virar desde desprezo até ódio. Me entristece pensar que somos assim, que não podemos simplesmente deixar ir.

Amar não significa estar colado a outro e contar anos. Isso não diz absolutamente nada, apenas que duas pessoas convivem, mas não que se amam. Podem se suportar, se tolerar, se aguentar. Ou podem realmente se amar. E, muitas vezes, só vão perceber isso quando estiverem perdendo ou até já perdido seu companheiro. Porque o verdadeiro amor é tão profundo e honesto, que cria laços invisíveis. E estes, ao se romperem por algum motivo, causam o vazio por um bom tempo.

Amar não é modificar uma pessoa, tentando que ela seja o que você quer
Amar não é impor, fazer uma pessoa de seu robô
Amar não é usar uma pessoa para seu próprio benefício
Amar não é cortar asas, desrespeitar, humilhar

Não é fácil amar! Porque as pessoas tem idéias erradas sobre o amor. O amor é ilimitadamente um sentimento de purificação. Amar é ter dentro de si, bondade, carinho e paciência. Amar é também estar atento ao outro, por vezes abrir seus olhos para erros, sem impor opiniões empedradas.

Se você acha que ser amado é sinônimo de abrir pacotes de presentes, é terem ciúmes de você, é quererem estar vinte e quatro horas ao seu lado, repense! Todos nós precisamos de espaço para respirar, para pensar e para analisar nossas vidas. Quem é feliz consigo mesmo, se ama, pode amar de maneira mais honesta. Não se desespere se não consegue amar, nem ser amado. Apenas viva intensamente sua vida e ame a si mesmo. Essa energia de felicidade atrai. E poderá atrair alguém realmente capaz de te entender, te aceitar e amar.

Devemos fazer escolhas e nosso coração pode até errar por sermos muito amorosos. Porque existem os vampiros energéticos que procuram por pessoas honestas e do bem, camuflados em suas falsas bondades, que podem acabar por nos enganar. Mas entenda, que um coração amoroso e bom, tem o livre arbítrio, faz suas escolhas. E você só ficará com alguém que não te deixa ser feliz, se quiser.

O mundo tem bilhões de pessoas. Em algum lugar haverá uma delas pronta para ser amada e te amar. E, se isso não acontecer nesta vida, lembre-se que viver intensamente e ser feliz é a melhor maneira de amar, não só a si mesmo, não só alguém, mas a vida!

Namastê

quinta-feira, 8 de junho de 2017

OS DESMANCHA PRAZERES

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para sonhos


Ontem revi um filme que acho muito interessante em diversos aspectos. E isso me inspirou a escrever este texto. Ele fala do desemprego, da dificuldade que pessoas com mais idade encontram para continuarem no mercado e, tanto da credibilidade, quanto da soberba de pessoas ao nosso redor, que se acham melhores que qualquer um, ou "a última bolachinha do pacote".

O filme? Os Estagiários. Quem não viu, recomendo. Mas o que mais chamou minha atenção foi a quantidade de desmancha prazeres, ou talvez devêssemos chamá-los de extintores de sonhos.

Muitas vezes, vemos pessoas que se perdem no caminho profissional, mas que são inspiradas a recomeçar seja lá o que tiverem que passar. Elas são as lutadoras, nem sempre ganham, porém nunca desistem. Estão sempre inventando ou buscando algo que possa satisfazê-las, tanto financeiramente, quanto socialmente.

O que me chamou muito a atenção no filme, foi a quantidade de pessoas no caminho de os protagonistas que, de alguma forma, soltavam palavras e tinham atitudes de desprezo ou falta de confiança, estimulando a desistência deles. Como tenho a mania de observar demais e me fazer muitas perguntas, imaginei o mundo ao nosso redor. E comecei a recordar quanta gente faz isso conosco, quando estamos inspirados a dar início a um novo projeto ou ciclo.

A diferença entre as pessoas, são as que se deixam amedrontar e as que lançam mão do escudo e da espada e vão cortando os desmancha prazeres do caminho. E estes últimos, ficam na torcida para um dia dizer: "eu não te disse"? Mal sabem eles que a vida está escoando pelos seus poros, sem que experimentem tudo que é maravilhoso no mundo. Ficam em seu mundinho, cercado pelo certo e se protegem de qualquer nova lição. São fracos, tem medo de sofrer e de errar. Todos nós aprendemos com erros.

O filme mostra a descrença entre casais, de amigos e até de desconhecidos, querendo tirar o foco de ideais e tentativas de mudarem a vida deles. Você pode pensar: "ah!, mas é só um filme e nos filmes tudo sempre acaba bem". Você está errado. No mundo, existem milhares de pessoas valentes, dispostas a virar o jogo, sair da comodidade, enfrentar a vida, realizar coisas e aprender. Porque o que mais se faz quando deixamos de lado o medo, é aprender.

Os desmancha prazeres estão em todo lugar, dispostos a nos colocar dúvidas. Porque eles mesmo são pessoas medrosas e sentem inveja de quem ama viver intensamente. Você saberá definir agora mesmo quem são essas pessoas ao seu redor. E, se der atenção aos medos e inseguranças delas, nunca sairá da sua zona de conforto. Ouvi-las não fará mal, analisar menos ainda. Mas ouvir seu coração, trará retornos incríveis. E eesqueça os sorrisos debochados.

O mundo está cheio de tolhedores de sonhos. Não seus próprios, mas os dos outros. Essas pessoas acham que sempre tem razão em tudo, até que um guerreiro prove o contrário e elas fiquem com suas caras no chão. E nessa hora, devemos nos proteger, porque a raiva delas será imensa. Tirar a razão de alguém é fazê-lo ficar sem chão. Porque nossas crenças estão tão arraigadas em nossas entranhas, que novidades machucam, penetram e corroem.

Comece a perceber os desmancha prazeres nas festas, nos grupos, no trabalho, na família e até na rua, com desconhecidos. Muitos deles estão camuflados como mestres, sábios, entendidos em algum assunto. Tente ir contra o que eles dizem e descobrirá o verdadeiro mestre. Porque a humildade está no verdadeiro.

O mundo está cheio de pessoas que se acham espertas, manipuladoras e, porque não dizer infelizes, já que seguem sempre sem arriscar nada. E o pior, é que o mundo também está cheio de pessoas com idéias fantásticas, mas que passam a vida sem realizá-las porque se deixam dominar, influenciar, manipular.

O filme acaba com o sucesso de dois homens que, nas suas histórias de vida, souberam mostrar que tem lugar para todos. Que uns podem estar à frente das novidades, mas outros estão à frente das suas experiências. 

Se o mundo soubesse unir o novo às bagagens, estaria com muito mais sabedoria. Isso não se tem dúvidas. Portanto, a lição para hoje é seguir seus instintos e sonhos. Busque ser feliz de alguma forma. Pelo menos tente realizar seus projetos, suas viagens, suas idéias. Lá na frente, você será uma pessoa de idade, mas que poderá contar e mostrar toda experiência de vida.

Namastê






quarta-feira, 7 de junho de 2017

DORAVANTE

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para doravante

Doravante prestarei mais atenção naquilo que vale a pena.
Deixarei para trás os que me desprezam, os que não se importam.
A vida é um mistério profundo de destinos e acontecimentos.
É bobagem perder tempo com quem não nos quer ao lado.

Doravante tentarei ser mais o que meus sonhos me pedem.
As cargas que não me servem, largarei sem rancores.
O tempo é curto para se guardar pesos, e longo para arrastá-los.
É inútil querer ser o que não se é ou voar sem as devidas asas.

Doravante continuarei a pisar firme, só que agora em certezas.
Olharei para trás para aprender o que não me serve mais.
O momento de viver é todo dia, mas os aprendizados devem ser entendidos.
É burrice levarmos tapas e não entendermos a lição.

Doravante deixarei entrar na minha vida, pessoas que me tragam algo de bom.
Não saberei dizer se elas são honestas ou apenas aproveitadoras.
Minha intuição deverá ser ampliada para que eu mereça ser feliz.
É culpa minha me deixar levar por ilusões e mascarar o correto.

Doravante conquistarei novos ares, novas energias, para minha paz.
Parar de me sacrificar por pessoas e coisas que me desgastam.
Tentar ser feliz a qualquer custo, realizando minhas vontades e sonhos.
É lamentável quando apenas desistimos, por estarmos fragilizados.

Doravante deixarei que a chuva me molhe, que o sol me seque.
Lutar contra o óbvio, acaba por nos cansar demais, nos esgota.
Aproveitar o que vem de maneira inteligente pode ser a saída.
É fraqueza mental excluir completamente o que pode nos ensinar.

Doravante andarei junto com a cautela, a simplicidade, a beleza.
Buscarei viajar, conhecer, entender meu mundo, as pessoas e suas atitudes.
Isso me fará crescer muito mais como pessoa, como Eu.
É cansativo viver em função do que os outros querem que sejamos.

Doravante meus pés poderão se cansar, meus olhos quererão ver mais,
Estarei pronta para o mundo, impondo a mim aproveitar e ser feliz.
As conquistas farão parte de ideais, a calma de projetos, a força do dia a dia.
É fundamental que Eu me encontre, que Eu me proteja, que Eu nunca deixe de sonhar.

Doravante serei o que vim ser, o que vim buscar.
Amarei com todas as forças quem merecer.
Largarei as mochilas de dias em que só consegui me magoar.
É sabedoria saber viver sempre o aqui e o agora.

Namastê

terça-feira, 6 de junho de 2017

CADEIA DA VIDA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para NATUREZA

E a chuva caiu,
E o vento soprou,
E as memórias se espalharam,
mas teus pés jamais deixaram de pisar.

As labaredas foram cuspidas pelas salamandras,
e os galhos quebrados pelos duendes,
as ondinas levantaram as ondas,
mas tuas mãos continuam a me acariciar.

A vida se esparrama nas pradarias,
os animas correm para se proteger,
os rios transbordam e inundam,
mas a tua essência continua a me suprir.

A energia transpassa o espaço-tempo,
os pensamentos se cruzam na infinitude de tudo,
os sonhos vão perdendo a força com a idade,
mas seu coração ainda palpita forte e sereno.

Continua o movimento da Terra,
continua os desejos insensatos e impensados,
continua cada gesto em função de seguir,
mas o que tinha se foi e o que foi agora perdura.

Nada mais é como ontem,
o hoje é a grande novidade.
Libertar a vida presa dentro de nós,
nada mais é do que deixar-se viver.

Namastê

segunda-feira, 5 de junho de 2017

AGORA EU SEI...

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Querido Pai:


Hoje, seu corpo físico não faz mais parte desta dimensão. Há uma semana você decidiu descansar de tanto sofrimento. O casulo rompeu-se em meus braços e pude presenciar seu silêncio eterno. Duas respiradas e você se foi. Coisa estranha para mim. Fiquei totalmente sem chão naquela hora, mesmo sentindo que você estava buscando a paz.

Olhava para as pessoas que estavam ao meu redor, principalmente minha irmã caçula e, com os olhos banhados de lágrimas, segurávamos um ponto de interrogação no meio da testa. E agora? Não há dor tão terrível para o peito e o plexo do que a do desligamento. Nunca tinha sentido com tanta força.

Hoje faz uma semana que você voou para a liberdade e a paz. Mas todos os dias, ao acordar, vejo você em meus pensamentos. O vazio parece procriar lembranças e sentimentos. A última noite sua foi tão triste, com sua respiração ofegante, que te ver em paz me consola. 

Me pego pensando em você o tempo todo, com recordações e coisas que talvez pudesse ter feito e não fiz. Isso muda a gente. Percebemos que perdemos tempo com coisas tolas aqui na Terra. Quem vai ligar para mim, pedindo que o leve em tal lugar? Ou para quem ligarei quando chegar? 

O seu lugar à mesa está eternizado, mesmo que ocupado por outra pessoa. Agora percebo o longo tempo que já não o tínhamos conosco. Porque quando penso nas refeições, não podia mais te ver comendo seus ovos cozidos, seu café açucarado, seu pão com geléia. Quando penso nas diversões, você não podia mais caminhar pela praia, nem sentar na sua rede, ou ficar em frente à churrasqueira degustando sua costela.

Paizinho, quando eu pedia "sorria para mim" e você com todo esforço ainda conseguia alargar seus lábios, saiba que isso era um néctar. É impressionante como somos egoístas e, mesmo sabendo que a vida está escoando, tentamos de todas as formas acreditar que isso não ocorrerá. Por que não nos preparamos para esta hora, se é a única certeza que temos? Um dia, todos nós seremos, de um jeito ou de outro, separados por um tempo indefinido. E o que nos faz sentir um pouco mais de alívio, é acreditar que nos encontraremos.

Os sentimentos nessa hora são variados, diferentes. Cada pessoa encara o momento conforme a ligação, o que tem dentro de si. E não cabe aqui julgamentos, apenas o silêncio. Um silêncio dolorido e tão profundo, onde buscamos apenas aceitação e paz. Uns reagem melhor que outros, mas entender que cada um tem seu tempo e processo é respeitar. 

Agora eu sei que você segurou nas mãos de Deus. E essas mesmas mãos são nosso suporte. Pensar que você agora poderá recuperar suas forças, seu espírito e trabalhar, ser feliz e não ter que suportar sua prisão, me traz calma no coração. Sei que quando puder e for permitido, de algum modo conseguiremos nos conectar. Seja em sonhos ou através do pensamento, mas agora só desejo que se encontre, se estabilize e acorde para essa nova existência.

Pai querido, esteja onde estiver, desejo muito sua paz. Que esteja com toda a luz esclarecedora, toda essência divina ajudando no processo e como sempre, esse amor enorme inundando agora outras dimensões. Porque nós levaremos sempre em nossos corações as lições e o amor que nos deu.

Descanse em paz, meu velho! E não se preocupe, que aqui nós continuaremos no caminho que você abriu para nós, de união e honestidade. Seja feliz....!

Te amo para a eternidade

Namastê