Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

terça-feira, 30 de setembro de 2014

O PAU DA BARRACA

Autora: Josianne L.Amend ( JosiLuA)


Alguém já analisou o termo " chutar o pau da barraca" na sua essência?  Porque é fácil dizer vou chutar o pau... O problema são as consequências disto.

A primeira coisa que devemos pensar quando usarmos o termo, é imaginarmo-nos dentro da barraca. Se algo assim acontecer, o maior prejudicado talvez sejamos nós mesmos, pois, literalmente, a casa cai e bem em cima de nós.

Agir sem pensar pode ser gratificante para o orgulho, mas quando " a poeira abaixa" e o raciocínio sobrepõe o sentimento pode ser tarde demais para recuar. Já ferimos o suficiente para nunca mais nos relacionarmos como antes com aquela pessoa que um dia foi importante.

Parece divertido agir em prol do próprio orgulho ferido. O problema é que as consequências normalmente são catastróficas.

O pau da barraca seria o alicerce que unia ainda algo bom, que poderia ser pelo menos lembrado com respeito. A dita madeirinha é a atitude impensada que desarticula tudo que foi interessante para nossas vidas.

Se este sustentáculo for chutado com a intenção de mudanças de atitude, mas não de ferir alguém, ele pode ser até uma ferramenta de poder. Afinal, há um limite para tudo. E você ficar aguentando desaforos ou outras coisas na vida, sofrendo no dia a dia e sentindo-se cada vez mais injustiçado e infeliz, não é algo que te levará ao crescimento, mas à frustração. Nesta hora, chutar o pau da barraca, deixando que a mesma caia e você pule para outro lugar pode ser o start para uma vida melhor.

Tudo dependerá de um pouco de visão e inteligência. Visão de novas oportunidades e inteligência para deixar de uma vez para trás o que não te ajudava a ir para a frente.

Existe ainda uma outra opção para a barraquinha desengonçada. Quando, após chutar o pau, resolvemos tentar alçar a lona com as mãos, fazendo acrobacias para ver se ainda resta uma oportunidade de ficarmos ali. Ora, se chegamos ao ponto de chutar é porque algo não estava funcionando como deveria e após algumas tentativas de sucesso, tudo se perdeu numa explosão.

Se fizemos a casa cair, a energia se desprendeu e o melhor agora é seguir em frente. Consertar a barraca pode deixar vestígios e alguns ventos e água podem vir a fazer parte da morada. Nunca mais será a mesma.

Portanto, se você se acha o melhor porque tem atitudes violentas ou impensadas, comece a sentir o doce sabor de morar à luz das estrelas, porque não existirá barraca que suporte, por muito tempo, alguém que não pense, que aja por impulso e que viva se arrependendo.

Agora, se você tem a oportunidade de desmoronar uma barraca podre, que só te dá alergia e insatisfação, faça-o. E corra para a liberdade. Neste sentido, você estará protegido, não pelo orgulho, mas pela decisão de uma vida melhor.

Então, ou você passa a vida tentando construir castelos em areia de praia ou elabora planos que possam te mostrar onde deve firmar sua estaca.

NAMASTÊ


 

QUANDO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Quando o vento soprar, solte os cabelos.
Quando a vela apagar, reze com mais fervor.
Quando o sol escurecer, procure usar sua luz.

Quando alguém for embora, feche a porta atrás dele.
Quando o coração palpitar, encontre a razão para te auxiliar.
Quando a solidão tomar conta, vá para a janela e observe o mundo.

Quando seus pés estiverem fatigados, descanse-os, para que eles consigam chegar onde você quer.
Quando achar que não tem mais solução, seja teimoso o suficiente.
Quando seu corpo não aguentar o fracasso, dê a ele o sabor de inovar suas idéias e conquistas.

Quando uma criança sorrir para você, seja gentil com quem te observa.
Quando a vida te oferecer flores, enfeite seu caminho com elas.
Quando a tristeza e a dúvida forem companheiros, comece a movimentar a vida!

Quando nada te inspirar, tá na hora de rever seus padrões de comportamento.


NAMASTÊ

 

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

A MÚSICA EM NOSSA VIDA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Você conhece alguém que não goste, em algum momento de sua vida, de ouvir música? Hoje eu ouvi uma pessoa dizer que não gosta de música. Eu me admirei.

A música para mim é inspiração. E ela deve estar presente como um bálsamo que alivia minhas tensões e me inspira.

Fui criada num ambiente musical, onde sempre estávamos escutando música. Meus pais nos acordavam com música. E a casa se iluminava.

Com certeza, a música surgiu, na história da humanidade, de um barulho ritmado que chamou a atenção pela beleza e pelo efeito hipnótico. A sensação de paz e alegria que nos envolve faz a música se tornar um remédio para a alma. Sugiro que vejam o filme "Amadeus" e percebam o valor da música.

A musicoterapia tem efeito curador, além de transmutar o sentimento de desespero em esperança. Quem ouve música se sente feliz, se a mesma é alegre, se sente saudoso se lembra alguém, se sente em paz se os instrumentos são tranquilos, se sente enlouquecido pela combinação de notas e instrumentos, enfim algum sentimento é florescido pela música.

O melhor da música é a inspiração. Quem estuda ou tem o dom da música sabe que ela simplesmente entra nas veias e faz parte de todo seu ser. Tocar um instrumento relaxa, libera hormônios que tranquilizam. Para alguns, a música é tão intensa que não conseguem mais viver sem ouvi-la em algum momento.

O corpo parece vibrar junto com as notas musicais e os ossos não conseguem ficar parados. Um dedinho, um balanço sempre aparecem para participar da magia musical.

Diversos tipos de músicas são ouvidas no planeta, em todos os cantos, religiões, grupos e povos. Algumas são transcendentais, outras infernais. Mas cada uma gera energia de alguma forma.

Quem tem o dom da música em sua vida é realmente especial. Pode transmitir algum tipo de essência manifestadora que, em determinado momento, transformará a vida de alguém que ouvir tal som.

Os sons atuam em determinados órgãos e chakras. Por isso, alguns são mais usados em rituais e cultos provocando transe. Outros podem ajudar na cura.

Gosto de pensar na música que enobrece, que revitaliza e que transcende. É essa que eu prefiro ouvir. Aquela que me traz paz e conforto, me inspira e me alegra. Acho essa  música divinal.

Lembre da boa música como uma arma para criar bons pensamentos e atitudes nas crianças, nos adolescentes. Talvez mais importante que fazer uma luta, seja tocar um instrumento.

A música será elevação e trará bons frutos aqueles que souberem ouvir o som da vida, de Deus e do seu próprio coração.

NAMASTÊ
 

A FELICIDADE DE AJUDAR ALGUÉM

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Existe um sentimento inexplicavelmente bom e gratificante que nos envolve após ajudarmos alguém de alguma forma. É como se nosso coração explodisse em luz ( e talvez exploda mesmo).

Ajudar e ver a pessoa que ajudamos com aquele semblante de alegria e alívio é realmente um estímulo à nossa vida. E o que nos custa? Nada, não nos custa nada sermos presentes, estendermos nossas mãos, abraçarmos uma causa ou deixarmos um pouco de lado nosso tempo para atender às preces e apelos de quem precisa.

Pode ser cansativo pensar em todo o processo, mas será restaurador na alma. De alguma forma, o universo estará conspirando a nos dar uma ajuda em alguma outra situação.

Por vezes nos perguntamos por que para tal pessoa parece dar tudo certo, sempre? Mas não percebemos como ela é, o que ela faz e como age com os outros. Talvez ela se lembre de dar pão aos passarinhos, água para seu cão, pagar um café ao andarilho, ajudar alguém a atravessar a rua ou simplesmente dar seu lugar aos mais velhos. Talvez ela lembre de ligar para alguém solitário, visite o doente, se ofereça a carregar algumas caixas. Enfim, são tantas as oportunidades que aparecem em nosso dia para sermos melhores e marcarmos nossa presença com alguém.

E a cada gesto de bondade haverá um sinal de Deus para que nós também estejamos na fila do recebimento. Jamais podemos imaginar quando isso se fará necessário. Mas podemos precisar sim, em qualquer momento, de um anjo encarnado.

Tem pessoas que não se deixam ajudar por orgulho. Acham que receber é para os fracos. Saibam elas que, além de não se permitirem, também estão bloqueando o trabalho espiritual daqueles que poderiam lhe fornecer auxílio. Ser ajudado é uma dádiva de Deus. Pois é Deus que coloca as pessoas em nosso caminho, na hora certa, no lugar certo.

A felicidade de ajudar alguém é um sentimento límpido, que transforma qualquer coração. Que regenera a mente e que transmuta a alma. Pensem em como alguém no poder poderia ser iluminado se resolvesse ajudar a humanidade ou parte dela. Não é à toa que grandes mestres foram acariciados com as bênçãos dos céus.

O estado de graça em que nos achamos após um auxílio é tão maravilhoso que precisa ser sentido por você que não se deu conta do poder de ajudar.

A vida na Terra é como o palpitar de um coração. Ela pulsa, pulsa e às vezes desencadeia alterações preocupantes. Se os seres humanos não se derem conta de que a união poderá fazer milagres e curas, a vida irá escorrer por entre nossos dedos e a felicidade também.

Talvez a única ajuda para alguém hoje seja um enorme e carinhoso abraço para aquela pessoa se sentir amada e novamente continuar. Ou uma ligação para aquele que está perturbado mentalmente. Ou uma marmita para aqueles que estão com a barriga doendo de fome.

Cabe a nós querer ou não experimentar o sabor da felicidade de ajudar alguém.

NAMASTÊ

 

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

QUEM REALMENTE QUER FAZER

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


É tempo de eleição aqui no Brasil. É tempo de discussões, opiniões e promessas. E é tempo de mentiras e fingimentos. E nós, povo que se importa realmente com o futuro, com uma vida melhor, com saúde e educação ficamos à mercê desse emaranhado de palavras soltas ao vento.

Não sabemos o que fazer, pois o voto é obrigatório. Temos que ir até a boca da urna e registrar nossa insatisfação com os governantes. O povo reclama, mas temos que ter governantes. E, o ideal seria que estes que assumem cargos tão importantes fossem pessoas com índole benéfica, com respeito à humanidade e não só respeito ao seu bolso e sua família.

Qual dessas pessoas tem  à sua frente a visão de um mundo melhor para todos e não só para os seus? Quem realmente quer fazer algo para que a vida neste país seja exemplar e não chacota para o mundo?

Eu realmente não sei a resposta, pois tudo que tenho visto são pessoas que se preocupam em usar ternos caros, comer em restaurantes finos e em viajar pelo mundo levando toda a família para conhecer pessoas e lugares. E nós, o povo brasileiro, contando o salário para pagar altos impostos e ver se sobra algo no final do mês para comer um frango no balde.

Decepção é o sentimento sobre tudo que tenho ouvido dos políticos. Sei que eles riem por trás de tudo que falam. Sei que eles tem uma equipe para escrever o que o povo ignorante quer escutar. E a culpa de quem é? É nossa, pois não procuramos estudar, buscar fontes melhores e eleger pessoas até mais simples, mas que talvez tenham melhores ideais. Votamos nos mesmos e nas famílias dos mesmos.

Falamos, falamos, falamos, mas na hora de decidir, não queremos perder o voto ( como já ouvi muita gente falar) e votamos no que está na frente das pesquisas, sem ao menos saber quem é ou no que ele pensa. Minha pergunta é: você é incapaz de pensar? Por que incapaz de votar me parece que é.

E você, que escolhe a profissão de político, até que ponto é um aproveitador? Qual é a sua educação? Religião e ética fazem parte da sua vida? Você é daqueles que veste a carapuça de sem-vergonha? Por que não pensa em ser um lutador e reconhecido pela capacidade de fazer algo bom pelo país e pelo povo?

Decepção é a palavra que mais se encaixa na política. É desanimador ter que ouvir vocês, políticos, abrirem suas bocas para falar. Não lutam pelos ideais de um povo, nem da nossa terra. Não enxergam nada além de cifras e fama. Não sentam numa poltrona para decidir, mas para se deixar ser guiado. São como grupos mal intencionados que regulam o que um membro quer fazer para o bem, colocando-o em má situação e até em perigo.

Quem assume deve ser Homem com h maiúsculo em tudo ( mesmo que seja uma mulher). Em índole, em idéias e em opinião. Precisamos de LÍDERES e não chefes de estado. Precisamos de PENSADORES e de IDEALIZADORES para construir um país de verdade e não afundá-lo, como está acontecendo.

Decepção é a palavra que melhor exprime meu sentimento neste momento quanto a tudo no Brasil: à educação, à saúde, ao respeito, à segurança e ao povo ignorante.

Este é meu blog e nele tenho o direito de escrever o que penso. E penso que o Brasil pode e deve conseguir. O Brasil tem o dever de ser um país do bem e da vida digna.
Portanto, espero que você pense no que está fazendo para o bem do país. Porque se você não é político, mas também é um safado deve rever sua vida e valores. Gente sem valor tem demais nesta terra. Tá na hora de mudar.
MUDA BRASIL!

NAMASTÊ

domingo, 21 de setembro de 2014

SE VOCÊ SE SENTE ASSIM

Autora: Josianne L. Amend ( JosiLuA)

 
Talvez você precise analisar melhor determinadas situações. Sem querer ser dona da verdade, você pode ter aqui caminhos impensados e que poderão chegar a algum lugar tornando a vida mais feliz.

Se você se sente angustiado porque se arrepende de algo que fez e percebe que não chegou exatamente onde queria, talvez seja a hora de buscar ser feliz, porém de uma forma que não machuque mais ninguém. Repense sua vida, analise seus erros, mas lembre-se que cada dia que deixa passar sem tomar atitudes, você não está buscando a felicidade, mas ajudando a bloquear seu caminho.

Se você se sente mau humorado porque seus propósitos  não deram certo, tente aguardar mais um pouco e talvez descubra que o universo tenha conspirado a seu favor e te tirou de um caminho ruim. Ou procure movimentar a energia ao seu redor de maneira que você se mostre mais persistente. Talvez sua forma de se doar não seja exatamente a adequada para tal trabalho.

Se você se sente cansado porque sua vida não tem parado, sua correria é intensa e sua mente não consegue mais processar tantas coisas, simplesmente PARE! Afinal, ter um momento de prazer, de solidão, de descanso só fará você recompor sua saúde e, com certeza, no final estará pensando numa melhor solução para tudo, inclusive a de tomar novos rumos, se for o caso. E caso ache isso impossível, talvez o próprio universo o obrigue de uma forma nada generosa através de doenças ou acidentes com o corpo.

Se você se sente traído por alguém, qualquer pessoa que seja, mude! Abençoe esta pessoa e agradeça à ela por ter te libertado de sua companhia. O mundo está absolutamente lotado de pessoas prontas para te conhecer e que podem te respeitar e te fazer mais feliz. Dói confiarmos nosso tempo a alguém que não mereça, mas o propósito é nos fortalecermos na percepção e descobrirmos intuitivamente quem realmente merece nossa presença.

Se você se sente ofendido por palavras e ações, respire profundamente e comece a mudar o rumo dos seus pensamentos para coisas positivas. Vai ficar desperdiçando sua energia com raiva e rancores? Esqueça quem te ofende e lembre-se de que a ofensa só faz efeito, quando tem algo verdadeiro sobre aquilo dentro de nós que precisa ser trabalhado. Caso contrário, dê risada e volte seu olhar para o outro lado, seguindo seu caminho sem se importar.

Se você se sente perdido, achando que sua vida não vale a pena, não tem sentido, está na hora de parar de ter pena de si mesmo e buscar oportunidades, pessoas, amizades e encontrar ou descobrir algo em você que faça a diferença. Ninguém é tão perfeito que não precise de ajuda e ninguém é tão imperfeito que não faça algo para melhorar a vida de alguém um dia. Se não sabe que caminho seguir, comece com aquele mais perto. Se errar, busque outro e outro, até perceber que esta é a vida de todos nós.

Se você se sente sozinho, talvez seja porque buscou essa condição de alguma forma. Pare de se lamentar pela solidão, pois sempre há alguém disposto a estar com você. Só que você tem mania de escolher demais ou te falta paciência para compreender as pessoas que querem estar com você. Então, se sente sozinho é porque busca formas de afastar as pessoas. Analise-se e logo as encontrarás bem à sua frente. Depois, mude!

Se você se sente menosprezado, fuja deste círculo. Com certeza quem te menospreza não merece tua companhia. Normalmente as energias similares se atraem. Então perceba se você não está querendo ser demais no seu grupo ou se seu grupo não tem afinidades diferentes das suas. Em outras palavras: vocês não combinam em diversas coisas. Procure estar com pessoas que respeitem quem e o que você faz. Caso contrário, a convivência será chata mesmo.

Se você se sente fora do mundo, não ligue. Está cheio de extraterrestres entre nós. Participe e colabore dando o melhor de si. Apoie a vida e a felicidade.

NAMASTÊ


 

MEDITAR PRECISA PERSUASÃO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Quando você está sentado na grama, na areia da praia ou em algum lugar tranquilo e se sente único, sem se importar com o vai e vem das pessoas, olhando fixamente para uma borboleta, pensando no bater das asas dela, em como ela suga as flores ou percebe o barulho das ondas e o sobe e desce da maré, você está, sem saber, meditando.

Meditar é se interiorizar através do silêncio da alma e contemplar algo sem julgar. E, através desta contemplação, tirar lições importantes e profundas para a vida.

Quem faz meditação sabe que o processo não se faz do dia para a noite. Silenciar um espírito que está correndo de um lado para outro, todos os dias, cheio de pensamentos, problemas e resoluções não acontece como que por encanto.

Antes de mais nada se precisa querer do fundo da alma silenciar, aquietar-se e tentar ouvir o som do universo e não o barulho do mundo. Depois, encontrar paz no momento, sem se preocupar com o horário e o que vem depois do processo. Precisa-se ter calma e ouvir seu corpo.

Tentar perceber a própria respiração é uma boa técnica, pois relaxa a mente de pensamentos supérfluos e interioriza. A posição de lótus faz seu canal de intencionalidade se conectar com a terra e o universo abrindo caminho para a maior percepção e ligação espiritual. Para isso, é bem interessante a coluna estar ereta e de preferência não apoiada.

Realmente meditar precisa persuasão. Não é algo fácil. Às vezes se torna incômodo pela posição. E, se você se sentir assim, não conseguirá um bom resultado no processo.

Algumas pessoas são tão agitadas que silenciar seu corpo e mente é extremamente difícil. Por aí podemos perceber se não estamos realmente  precisando dar uma parada para analisar nossas vidas.

Talvez você leve dias ou quem sabe anos até aprender a meditar. Mas posso assegurar que se você persistir só estará ganhando mais vida, mais calma, mais saúde e muito mais percepção de si mesmo.

Cada momento que você tenta silenciar, mesmo se sentindo agitado é um grande passo para seu progresso mente-corpo. Com o tempo, notará diferenças em si mesmo, o chamado autoconhecimento, e conseguirá analisar melhor a vida e suas próprias atitudes.

Meditar faz bem. Renova, liberta e acaricia. E, não se admire se com o tempo, você simplesmente sentir um vazio caso não tenha seu momento de meditação todos os dias. Eu recomendo.

NAMASTÊ