Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

SAUDADE

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para SAUDADES

Hoje é o dia da saudade. O sentimento que nos deixa meio atordoados, com um vazio enorme sepultando ânimos e deslocando pensamentos. Mas a saudade também nos coloca em palpitações alegres do coração.

Quem não fica feliz ao relembrar de momentos incríveis da infância? Ou de passeios inesquecíveis com pessoas especiais? Ou quem sabe até daquela viagem fantástica, com imagens impressionantes eternizadas no fundo da mente?

Esse tipo de saudade parece criar uma tela mental em nossa frente e, se estivermos num lugar que possamos observá-la, sem pressa, ruídos e distrações, nos teletransportamos para aquele momento mágico. Alguns deixam que os lábios falem por eles, sentindo-os levantar num sorriso gostoso. 

Algumas vezes, essa tela surge com deja vus, frases, fotos ou apenas ouvindo o nome de alguém. Lembranças não são a mesma coisa que saudades. A saudade nos faz lembrar, mas a lembrança não significa, necessariamente que teremos saudades desse pensamento.

A saudade pode nos deixar com aspecto abobado, meio entregue às lembranças. É bom ter saudades, porque pode nos impulsionar a ações que estavam estagnadas. Quando a saudade realmente aperta, o impulso a buscar novamente aquele prazer é maior. 

Se temos saudades de alguém que já não faz mais parte desta vida, podemos ir no cemitério ou conversar no pensamento. Se é de um amor que se foi, loucamente resolvemos ouvir ou ver essa pessoa, nem que seja por segundos. 

Podemos ter saudades das diversas fases de nossas vidas, de alguém do passado, de alguém da atualidade, mas que não nos é cedido o tempo necessário para estar juntos, de algum objeto que se quebrou, do animal de estimação que sumiu, das conversas de um grupo que se desfez, da cidade onde morava, ou simplesmente de alguma época de nossas vidas.

Saudade dói, pode enlouquecer. Saudade inflama, pode ser arrebatadora. O que não se pode é deixar a saudade gritar mais alto que nossa própria consciência. Afinal, a saudade passa se tivermos a consciência de que o tempo se foi, mas que podemos construir sempre nossa felicidade hoje.

Ninguém merece morrer de saudades, mas tem pessoas que morrem. Deve ser muito triste sofrer de saudades, sem que nada possa ser feito para ajudar esta pessoa a se levantar, a suprir este vazio com melhores sentimentos.

Quem já teve muita saudade de algo ou alguém, sabe perfeitamente que dói o peito e a cabeça fica confusa. Nessa hora, precisamos muito respirar e nos acalmar. Porque atitudes impensadas irão resultar em sequelas catastróficas ou não. Se forem, talvez tenhamos mexido em vespeiros que estavam quietos. Se não, poderemos finalmente descobrir se o que pensávamos era ou não correto. Afinal, alguém também pode estar só esperando uma atitude nossa.

Por mais melancólica que seja a saudade ela tem uma finalidade. Brincar com a saudade pode ser nocivo. Com certeza, ao ler este texto vai lembrar-se de algo e ela poderá  surgir. Examine e veja se você pode abrir o baú e remexer nessas memórias, que te levarão ao saudosismo. Não deixe alguém sofrer por saudades, não sofra de saudades. 

Hoje, se o coração realmente indicar que é o caminho certo, ligue, envie uma mensagem, visite, procure ou simplesmente reze. O universo retornará a você com muita gratidão, se a energia dispendida fizer alguém muito feliz. Controle a saudade para que ela seja a beleza que nos transporta a belos momentos e que possa, de alguma forma, ser suprida através de boas atitudes e grandes realizações.

NAMASTÊ

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

ESSE É O CARA!

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


A imagem pode conter: 3 pessoas

Existem pessoas que significam muitas existências e sentimentos em nossas vidas. Ele tem hoje quase 81 anos, que fará em 28 dias. Ontem, às 22:30 horas da noite, meu celular tocou. Já estava dormindo e achei que fosse o despertador para um novo dia, mas me sentia num sono muito profundo para tal. Quando me dei por conta e atendendo, minha filha chorava do outro lado da linha dizendo: é o vô, mãe! Não está bem, está indo para o hospital. Me vesti imediatamente e ela veio me buscar.

Faz um ano que ele não sai mais da cama, sua voz é tímida, seu corpo não responde mais a movimentos próprios. Ele apenas sobrevive. E quanta força e garra por essa vida!


Rodolfo significa "lobo famoso". É um nome que se originou a partir do germânico Rudolf, antigamente Hrodulf, formado pela junção dos elementos hrod, que significa “célebre” ou “famoso”, e wulf, que quer dizer “lobo”. Maximiliano tem origem no latim Maximilianu​, que surgiu com um imperador romano a partir da união dos nomes Maximus e Emiliano, versões em latim de Máximo e Emiliano, adotadas em homenagem a Fábio Máximo, militar romano, e Emiliano, um dos Cipiões. E significa "o de maior estatura pertencente a Emílio", "o de maior estatura da natureza do rival" ou "o maior que pertence ao que fala de modo agradável.


A análise do nome de meu pai é perfeita para ele, um homem alto, nos seus 1,86m, que sempre falou conosco de forma amorosa. É a personificação do amor para nós. Além disso, um lobo cuidador e ciumento de sua família, famoso pela sua maneira alegre e brincalhona, que agora se transforma em cansaço e desgaste físico e mental.


Resolvi escrever sobre ele, pois não sabemos mais quanto tempo o teremos conosco neste plano. Agarra-se à vida, mas seu corpo muito cansado já se entrega a momentos de muitos cuidados. Alimenta-se por sonda, um homem que adorava comer, fazer churrasco e se deliciar nos temperos alemães e brasileiros.


A gente o observa e sempre vem a mesma pergunta a todos: - por que tanto sofrimento? Pergunta cheia de incertezas, todos tentando encontrar uma resposta que convença. Mas jamais a teremos. Não aqui neste plano.


Meu pai é e sempre será o cara! O cara que ensinou o amor pela música aos domingos de manhã, nas viagens e nas festas. O cara que ao simples toque ou abraço sempre tinha uma palavra de consolo e de ânimo para nossos momentos de tristeza ou fúria. O cara que nos ensinou a dignidade no trabalho, a levantar cedo com espírito de luta, a nos alimentarmos como rei pela manhã, como príncipes no almoço e como pobres à noite ( isso era mais fictício que realidade, mas ensinou ). O cara que veio fugido com a família da Alemanha na 2a. guerra mundial, que perdeu um irmão que nunca mais viu, que passou por diversas formas de boicotes na vida.


É claro que ninguém é perfeito, mas meu pai é para mim. Me ensinou a ser lutadora, não desistir e ficar sempre atenta às amizades fingidas e que só te exploram quando está bem de vida. Ele teve muitos "amigos" que o abandonaram na primeira perda de emprego e quando não podia mais fazer as grandes churrascadas em casa aos domingos.


Conheceu minha mãe num ponto de ônibus e se apaixonou. E esse amor é tão intenso, que hoje, ao menor som da voz dela no quarto, ele tem reações especiais. Eles têm 58 anos de casados. Fácil? Nem um pouco! E quem disse que é, está mentindo, pois só casais que tem paciência e amor conseguem.


Meu pai pode estar prestes a deixar para trás a capa da alma, porque ela está desgastada. Mas sempre estará vivo, alimentado por sua energia liberta no universo. Vestido em sua impecável calça branca, camisa vermelha e sapatos de extremo brilho pretos, cheirando a Lancaster, ele brilhará na eternidade em nossos corações. Dançará divinamente suas valsas, boleros e marchinhas alemãs com a mesma desenvoltura de sempre, livre do físico já decadente.


Esse cara não morre, ele apenas viverá em outra dimensão, assim como todos nós um dia. Ele estará sempre vivo em todos nós, filhos, netos, bisnetos, pois seu legado já está transferido em cada um dos corações. Não formou-se em uma profissão, mas sempre teve mil histórias para contar e lições de vida a ensinar. Homem sábio quando apenas dizia: - Eu vou ficar quieto"!


Esse é o cara que comia dois ovos todos os dias de manhã, que amava sua casa de praia e adorava caminhar pela rua com seu verdadeiro amigo Vitorino para observar a vida das pessoas. Esse é o cara que sempre diz muito obrigado, que apesar da voz quase nem sair mais, arruma forças para dizer "Deus te abençoe". É o cara que ficava doente quando o time do coração, o Atlético Paranaense, perdia, mas que deixava todo mundo louco com a gritaria, quando ganhava. É o cara que ouvia música alemã no alto volume e cantava emocionado, lembrando de sua vida e pais.


Esse homem é o lobo realmente. O animal de poder que cuida da matilha e que briga pela ordem e respeito dentro da casa. Cada vez que um familiar ía embora de sua casa, ele acompanhava o carro, "grudado" na janela dizendo: - Liguem quando chegar"! E que, se nos frustrássemos com o tempo escuro, ele dizia a fim de nos convencer a continuar: - De lá não vem!" 


Esse é o cara que sempre soube trazer flores e os melhores presentes para sua amada e que se desdobrava para que os filhos tivessem a melhor educação. Esse cara estanhava os olhos azuis para mostrar que estava bravo e a gente entendia. Hoje, mal enxerga.


Sim, talvez ele ultrapasse as barreiras da vida e vá se encontrar com os antepassados noutra dimensão. Mas isso não é morrer ou nos abandonar. É simplesmente um tempo para que ele se refaça de toda energia pesada de seu corpo físico. Porque seu cheiro sempre estará dentro do frasco do perfume Lancaster, sua força sempre estará em nós, sua alegria contagiará para sempre as manhãs de domingo e seu amor... ah! seu amor... Este estará alojado com garras fortes de um lobo alto e valente dentro de cada um de seus filhos, netos, bisnetos e esposa.


Pois pessoas vem e vão todos os dias, viajando e retornando para casa. E quando ele estiver no alto da montanha a uivar para a mais bela lua, poderemos agradecer mais intensamente tudo que ele fez por nós, com suas famosas palavras de MUITO OBRIGADA! E neste momento, estaremos em conexão com sua maravilhosa energia que nos dará mais uma lição: a de que a vida continua e que um dia nos encontraremos!


Te amo meu velho!


NAMASTÊ


Exibindo FB_IMG_14834361842699167[1].jpg


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

REVELAÇÕES DA ALMA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para A ALMA


Não me podem de ser livre,
de agir conforme minha essência.
Não consigo ser igual, nem imitar.
Tenho minha própria natureza como referência.

Dentro de mim tem um rio de incertezas,
que faço questão de atravessar.
Se as profundidades, às vezes, são proezas,
eu mesma tenho que encarar.

Minha alma é livre e livre quero ser,
e não significa que não me dobre.
O maior duelo é com o amor,
que chicoteia a vida de forma nobre.

Toda alma guarda segredos impenetráveis,
nas profundezas obscuras do seu íntimo.
Ninguém será realmente descoberto,
no grande vazio de seu deserto.

Não me privem da alegria interior,
mesmo que ela chore incessante.
Meus olhos poderão dizer,
se minh'alma está num mar sufocante.

Como medimos a grandiosidade da alma,
se não exercemos livremente quem somos?
Ela é a maior biblioteca do universo,
alojada num mundo submerso.

Não conseguiremos ser tudo,
talvez não conseguiremos ser nada.
Porque a alma que se esconde amedrontada,
espera por outra alma enamorada.

NAMASTÊ

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

EU AMO A VIDA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para ruas de arvores em curitiba



Quem tem a satisfação de andar de ônibus pela manhã ao ir trabalhar, pode se deparar com sentimentos sublimes, se estiver conectado com a pureza do universo. Hoje pela manhã, ao descer do Mercedes, fui caminhando algumas quadras para o trabalho e senti um grande amor pela vida.

Observando as alamedas de Curitiba que, diga-se de passagem, é uma cidade linda, limpa e arborizada, quase abri os braços para agradecer o ar refrescante da manhã. Ouvir a grande quantidade de pássaros cantarolar na obscuridade das folhas das árvores, cada um com seu diferente gorjeio, me enche de paz, esperança e alegria.

Eu amo a natureza e sinceramente, estar nela, me faz ressurgir. Confesso que já tive momentos de grande decepção na vida que até me fizeram questionar a validade de se continuar. Mas, no fundo da alma existe uma perseverança tal que me sacode e diz para mim mesma: você tem que seguir em frente!

É bem verdade que o Pai envia seus anjos em certos momentos. Tive provas disso algumas vezes, em que me deparei com o desespero. Esses anjos, nem sabem que o são. Chegam do nada e, literalmente, fazem uma explosão de alegria e esperança em seu coração.

Mas, voltando ao ponto do caminhar pela manhã, nestas horas pensantes e cheias de luz, meus pensamentos e sentimentos se afloram. Muitas pessoas passam pela minha mente, principalmente minha família. Vejo um a um em minha frente e os abraço com ternura. Nem sempre é tudo perfeito, mas amá-los é.

Algumas pessoas que cruzam comigo devem me achar meio doida, pois falo sozinha. Na verdade, não sozinha, mas com Deus. E gosto de ouvir minhas palavras, pois parece que a conversa realmente existe.

Deus é maravilhoso, Ele conversa comigo. Acalma meu espírito, eleva meus sentimentos, mesmo aqueles de amargura e dor. Sim, carregamos algumas dores, sejam por pessoas, sejam por amizades, sejam por nós mesmos nos acharmos inferiores ou abandonados.

A presença de Deus me faz acreditar num mundo incrivelmente inspirador, onde o canto dos pássaros não cessem, onde as pessoas sejam mais amorosas e onde a gente possa rir muito com o próprio fígado. Faz tempo que não sei o que é isso. Vinha me questionando no Mercedes, porque não lembro de uma boa gargalhada.

A gente acaba tornando a vida séria demais, sempre preocupada com coisas que não vão representar absolutamente nada depois que nos formos desta missão. Eu tenho tentado alguns encontros e momentos de união, mas as pessoas estão sempre comprometidas. Então eu me apago, como uma vela tênue e, aos poucos, a vela vai se derretendo.

Mesmo assim, cada dia que caminho pela cidade, observando os jardins das casas, as pessoas no corre-corre, os animais no passeio sem saber o que os espera, os aviões cruzando o céu, eu respiro profundamente e me sinto feliz. Pura e simplesmente porque estou. Sozinha ou não, minha vida é linda e eu a amo. E sei que Deus está sempre comigo, orientando meus pensamentos e passos e organizando as coisas para que eu não saia do prumo.

Hoje estou mais consciente de muitas coisas e não sofro mais com algumas decepções. A gente vai absorvendo e tentando diluir, pois nem todos são como nós. Estou naquela do "ser leve e deixar ir"!

Eu amo a vida e respeito o que tenho, porque foi conquistado com dignidade, suor e luta. E essas três coisas me fazem sentir que tudo que sou e tenho não passa de uma grande história que um dia, poderá ou não ser contada. Depende do interesse dos que ficarem.



Obrigada Deus, por mais um DIA!

Namastê

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

O SILÊNCIO BARULHENTO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para silêncio BARULHENTO

Silêncio é algo que tranquiliza,
que ameniza tensões e traz paz interior.
Silêncio é momento que eterniza,
o que sente, o que pensa e a tua dor.

Existem silêncios apenas mentais,
existem aqueles do coração.
Mas os silêncios mais infernais,
são os barulhentos na emoção.

Estes te rasgam todo por dentro,
por mais que tente distração.
É um silêncio ocupado por pensamentos,
tortuosos, confusos e sem razão.

Nesse silêncio encontramos a alma,
que chora e lamenta tanto tumulto.
Elabora artifícios, agita o peito,
Mas nada adianta, está muito oculto.

Qual a saída para o silêncio barulhento,
que aos poucos nos faz reféns da agonia?
Talvez seja apenas enlouquecer,
quem sabe acreditar num novo dia...


NAMASTÊ

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

OS SINOS QUE TOCAM

Autora: Josianne L.Amend

Imagem relacionada


Ventos vem, ventos levam,
Amizades que se supunham verdadeiras,
Amores que pensávamos eternos,
Relações que sentíamos profundas.

Nada parece tão incerto,
quanto os sentimentos da vida.
Uma hora estão no auge da alegria,
no outro, em plena despedida!

Tudo parece ir e vir,
como os sinos que tocam na igreja.
Cada hora nos faz sentir,
o quanto longe estamos das certezas.

Pessoas que amamos nos fincam estacas,
tão duras que o coração se despedaça.
E mesmo colando os pedaços,
nunca mais terá a mesma graça.

Os sinos que tocam querem contar,
que temos um tempo para nossa euforia.
Quando vão, deixam para trás tristeza,
quando vem, limpam essa energia.

A história de cada um é singular,
nenhum sino bate igual em toda existência.
Alguns percebem a hora de parar,
outros esbarram no muro da demência.

Seu corpo é o que você quer ser.
Se o sino vai sem nenhum sentido,
ele volta trazendo o  desconhecido.

NAMASTÊ

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

PESSOAS ESPECIAIS

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para pessoas especiais


Algumas pessoas simplesmente são. Elas tem um quê em algum local de seu corpo. Elas vibram diferente, elas sorriem diferente, elas olham diferente.

Algumas pessoas não ligam, não se importam. Elas apenas deixam o tempo rolar e as coisas se encaixarem. Não se estressam, não obrigam a vida a correr.

Algumas pessoas emanam de si um perfume delicado, quase imperceptível, mas que contagia e enfeitiça. Elas são simples, são exóticas e rústicas, talvez.

Algumas pessoas não se abalam, observam e controlam sua própria existência através de suspiros e canções. Elas percebem que o mundo ao seu redor é coberto de fuligem, mas elas andam de capa.

Algumas pessoas tem algo dentro de si de muito especial, talvez o seu próprio DNA, talvez um dom que outras não tem. Elas amam sem escolhas, apenas sentindo o que o outro é para elas. Não importa estética, não importa nível social. Elas apenas amam.

Algumas pessoas tem a magia de envolver o ar onde estão em alegrias e paz. E, provavelmente, Deus as fez para contrabalançar outras, que fazem questão de estragar qualquer ambiente com sua energia.

Essas pessoas não se encontram aqui e ali. São seres realmente especiais, que no anonimato se fazem presentes. E são um presente para quem cruza seu caminho. E elas são naturais, não são moldadas em estereótipos. Estas se acham aos montes, sempre tentando imitar alguém que se deu bem, ou que tem seguidores.

As pessoas especiais não costumam ficar em ambientes confusos, nem energeticamente ruins. Mas também não julgam. Apenas se retiram para, de longe, iluminar sem perder seu equilíbrio.

Elas realmente são equilibradas. Podem sim sofrer e até surtar, pois vivem no planeta do caos. Mas elas se recompõe através de algum mecanismo peculiar, que não as deixa declinarem em sua missão.

Talvez sejam novos seres mandados para amenizar situações e mostrar ao mundo o que realmente vale a pena. Talvez sejam anjos disfarçados ou somente pessoas especiais.

Provavelmente, você já se deparou com alguma e, se sentiu inveja ou fez desdém ao seu jeito iluminado, está na hora de acordar e analisar a si mesmo. Está com a síndrome da pessoa que não se encontra no mundo, tendo que estar sempre julgando as atitudes e maneiras dos outros.

As pessoas especiais são lindas. Não por fora, mas por dentro. Com certeza você já disse sobre alguém: "ela é especial"! 

Aceitemos essas pessoas que nos trazem ensinamentos e maravilhas sobre a vida. Não seja um reprodutor de idéias. Inspire-se para fazer novas e poderosas descobertas que valham a pena serem seguidas por outros. Acredito que todos nós possamos vir a ser pessoas especiais se, em algum momento, haja transformação interior, haja visão do mundo e haja um coração real batendo no peito. Mas talvez, só isso não baste, porque elas são Especiais.

Pessoas especiais são e serão a grande essência que devemos respirar, respeitar e nos espelhar, para que o mundo venha a ser melhor.


NAMASTÊ


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

TENHA CORAGEM

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para TENHA CORAGEM

O que significa afinal ter coragem? Talvez seja superar medos, talvez seja enfrentar demônios. Todos os dias temos que superar alguma coisa dentro de nós.

As pessoas,  geralmente as que estão numa posição maior,  seja no trabalho, em casa ou na vida afora tem a arrogância de esmagar-nos contra a parede, para que elas se sintam fortes. Normalmente,  essas mesmas pessoas são ou foram reprimidas e é só o que tem para mostrar ao mundo, sem nenhum esforço para melhorar.

Mas, deixando os frustrados e mal amados de lado, vamos falar da coragem. Aquela coragem que faz você ser mais feliz e perceber que o que te prendia ao medo não era nenhum bicho de sete cabeças.

Vá, enfrente a situação! Comece por dizer de forma gentil, mas esclarecedora que você não gostou do que te falaram. Que você quer que respeitem sua pessoa. Por que ficar engolindo sapos e depois não entender suas dores de garganta? Se foi muito reprimido quando criança e ouviu muitos "cale a boca" ou "fique quieto", pode ser que engasgue. Mas se treinar e um dia conseguir, vai se sentir maravilhosamente bem.

Tenha a coragem de dizer "não". E são tantas as situações que você se expõe sem querer realmente, só para agradar outras pessoas. E depois, se sente covardemente angustiado e de mal consigo mesmo. 

Tenha a coragem de virar as costas, sair de cena ou até desligar o telefone, quando não quer ouvir bobagens e desrespeito com sua pessoa. Cuide de você. Não fique aguentando desaforos que só vão criar úlceras, gastrites, problemas intestinais e outros. Depois, lembre-se de respirar profundamente nessa raiva para que ela não te impulsione a responder. O melhor troco é ignorar a pessoa. Deletá-la até de sua vida.

Tenha a coragem de fazer a viagem de seus sonhos, mesmo que seja sozinho. Pode ter certeza que irá conhecer pessoas incríveis e fará novos amigos. Mas se prepare pesquisando e se orientando. Tenha sempre em mãos um contato para te ajudar no que for preciso. E não se prenda!

Tenha a coragem de deletar de vez pessoas que só te trouxeram problemas, tristezas  ou que não te acrescentam nada. Aliás, até tiraram de você sorrisos, trocando por lágrimas. Não se sinta maldoso. Maldade é o que  faz com você, quando deixa pessoas te manipularem, te ofenderem, te enganarem. Abra bem os olhos e acredite no seu coração. Liberte-se!

Tenha a coragem de voar, de pular, de brincar, de cantar. Tenha coragem para exibir seu trabalho, para mostrar sua capacidade, para enfrentar desafios. Tenha coragem de experimentar novos sabores, novos lugares, novos trabalhos, novas moradas. Tenha a coragem de tocar os animais, de correr maratonas, de tomar banho gelado. Tenha a coragem de doar seu sangue, de doar seu órgão ou de visitar um doente.

Tenha coragem de passar embaixo da escada, de não se importar com o sal derramado, de ir no alto do maior prédio. Tenha a coragem de se comunicar por gestos e de cortar o cabelo bem curto, se quer mudar.

Tenha coragem de ser completo. E mais do que tudo, tenha a coragem de amar de verdade, mesmo que esse amor seja oferecido para a pessoa errada. Neste caso, você deverá ter a coragem de perdoar e seguir seu caminho, com a certeza e a coragem que você, só você pode tornar seu mundo melhor.


NAMASTÊ

HÁ QUANTO TEMPO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Quanto tempo faz que não caminha descalço pela grama?
Quanto tempo faz que não toma um delicioso frapê?
Quanto tempo faz que não senta num balanço e sente o ar nos cabelos?
Quanto tempo faz que não rola no chão com os filhos ou netos?

Há quanto tempo...
Deixou de ser realmente feliz?
Não desperdiça seu tempo com bobagens?
Não pára para olhar para dentro de si mesmo?
Não senta sozinho num lugar para rezar?

O que faz pensar que sua vida é completa se faz tempo que não toma um banho de chuva, 
se há muito não convida seu melhor amigo para uma visita em sua casa,
se não sabe mais o que é o sentar na poltrona de um cinema?

Quanto tempo faz que não olha nos olhos do seu amor e segura seu rosto com as palmas das mâos?
Quanto tempo faz que não observa a natureza ao seu redor ao sair de carro?
Quanto tempo faz que não toma o sorvete que te faz lembrar da infância?
Quanto tempo faz que não passeia pelo calçadão de sua cidade e vê vitrines?

Há quanto tempo...
Deixou de dar aquela gargalhada que faz doer o estômago?
Não se encontra mais com os amigos para o famoso "programa de índio"?
Não lê um livro que te inspire no amor, na magia ou na sabedoria?
Não abraça de verdade, com aperto de sobra, alguém de sua família?

Por que acha que ser feliz é somente buscar mais e mais coisas materiais, não dando tempo para você?
Onde foi que esqueceu sua história ou prendeu sua criança interior, transformando-se num robô?
Como cuidar do seu coração, se tudo em que pensa é dinheiro e beleza física?

Quanto tempo faz que não toma banho de rio, de cachoeira ou se entrega num mergulho nas ondas?
Quanto tempo faz que não veste um chinelo de dedo, um chapéu de palha e vai mexer no jardim?
Quanto tempo faz que não senta no sofá com um enorme balde de pipoca e se delicia no seu filme favorito?
Quanto tempo faz que não acorda de manhã, abre as cortinas ou vai até a varanda e respira profundamente sentindo o prana da vida fluir em você?

Há quanto tempo...
Você não se entrega de corpo e alma numa aventura diferente para conhecer novos lugares?
Você não desliga aparelhos eletrônicos e realmente aproveita o dia olhando a vida ao seu redor?
Você não telefona para aquela pessoa que tem saudades, só para reatar amizade ou saber dela?
Você não percebe que o tempo é algoz e que não somos eternos, mas podemos ser e viver o melhor de nós todos os dias?

Há quanto tempo você não pega na mão e leva passear alguma criança?
E o que faz com seu tempo se não está vivendo plenamente?
O que faz com seus sonhos se não busca ser feliz da maneira que pode ser?
Há quanto tempo não olha para o céu e agradece do fundo da alma por estar tendo mais uma oportunidade?

Não espere o início do ano, não espere se formar, não espere casar, não espere se recuperar, não espere estar mais bonito, mais magro, mais rico. Porque enquanto deixa o tempo passar, seu dia de alegria, de busca por risos e abraços, se foi. Mais um dia de sua vida, que poderia guardar na lembrança foi deixado de lado.

Portanto, tenha em mente há quanto tempo deixou de existir realmente e fazer a diferença para você e para os outros.


NAMASTÊ

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

DESPEDAÇO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)

Resultado de imagem para cacos pelo chão


Voei.. e encontrei meus pedaços,
aqueles que ao longo da vida fui deixando cair.
Senti pena do que fiz a mim,
por isso tudo me permitir.

Cada parte encontrada,
dei um tempo para examinar.
E me espantei com as rachaduras,
nos pedaços que me causei por amar.

Parecem mais grossas e até sombrias!
Percebi que é o sentimento que nos domina.
Tentei consertar colando-os em mim,
mas os pedaços caíam como serpentina...

Chorei, me entristeci de ver o caminho em cacos.
Tentei encontrar uma maneira de arrumar a situação.
Criei mosaicos para ver se encaixavam,
mas não houve maneiras, nem solução.

Já estavam perdidos, não mais se recuperavam.
Os pedaços caídos, agora moldavam meu caminho.
Teria que suportar aquela tela da vida,
e aceitá-los como um espinho.

Desanimei e me senti perdida.
E um anjo veio me reconfortar.
Disse que aqueles pedaços fazem parte de mim,
e que um dia terei sabedoria para os olhar.

O tempo passou e outros pedaços no caminho deixei.
E ao olhar minha vida, compreendi aqueles cacos: o anjo tinha razão!
Quando a gente se despedaça, 
novas partes em nós vão surgindo.
Até que um dia, possamos voar como seres completos,
enterrando definitivamente o passado!


Namastê


SURPREENDE

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)
















Quantas coisas vivem nos surpreendendo! Em nossas vidas passamos por diversas situações que nos fazem repensar amizades, empregos, relacionamentos e, porque não dizer, pessoas.

Cada um, devido à sua maneira de ser, de viver e como foi criado, define uma opinião sobre as surpreendentes coisas que acontecem em nossa vida.

Algumas podem nos fazer chorar, outras rir. Algumas nos inflamam na raiva, outras na amorosidade. Algumas podem nos trazer um crescimento e sabedoria e outras, simplesmente nos fazer alimentar o ego, criando defesas ou achando que somos incrivelmente poderosos.

Estive pensando sobre coisas boas e ruins que andam me surpreendendo, mas que na verdade, tem me trazido muito crescimento e definindo em minha vida o que realmente é importante e necessário. Resolvi escrever sobre este assunto para ajudar mais e mais pessoas a pensar e desapegar de padrões, pessoas e atitudes que não levam a nada, a não ser rancor e frustrações.

As pessoas nos surpreendem a todo momento. Amigos, por exemplo, ou pessoas que considerávamos como tal, já me frustraram bastante. Hoje os deixo ir, seguir em frente, sem que me frustre mais com suas "surpresas". Mas, é bem verdade que no presente ficamos mais alerta quanto às amizades. Infelizmente, parece que algumas pessoas chamam de amigos, aqueles que podem fornecer algo em prol do seu bem estar e não em fazer trocas. Resumindo, quando lhes convém, gostam de estar ao seu lado, mas ao perceberem que não terão mais benefícios próprios, a amizade é esquecida e abandonada.

Um verdadeiro amigo não deixa de ir a um aniversário muito especial - não dá para ir em todos, mas alguns são sempre mais especiais. Digo isso, porque convidei poucas pessoas para um aniversário que para mim era muito especial. E percebi quem realmente quis me dar a honra da sua presença. E me surpreendi com pessoas que considerava muito amigas e que me deram motivos banais para não ir, visto que eram compromissos que, sim, poderiam ter sido deixados para outro momento. Afinal, amizade! Outras, te abandonam quando você, financeiramente, não pode mais acompanhar. Sinceramente? Aprendi que elas não me fazem falta.

Alguns pais me surpreendem quando decidem ter um filho e depois os abandonam à própria sorte na vida. Alguns, separados em casamento, ignoram que ter um filho é muito mais do que ter um companheiro, já que corre seu sangue nas veias daquele serzinho indefeso. Na minha concepção de vida e de ser humano, todos deviam abraçar seus filhos e conduzí-los com amor e carinho justamente. Infelizmente, só no que pensam é no dinheiro que se gasta com eles. Mas, se querem saber, eu passei por esta condição de mãe separada e dei meu sangue para que tivessem do melhor para vestir e comer, além de um lar de amor, carinho, conversas e muita diversão e alegria. Estou em paz por isso. 

Surpreende sim algumas pessoas se incomodarem tanto com a vida de outras, quando suas próprias vidas são desajustadas e infelizes. Talvez seja isso: elas simplesmente querem tirar o foco de si mesmas para não pensar nas suas frustrações e medem os problemas dos outros para ficarem numa paz camuflada de inveja.

Surpreende o ser humano ter toda a Terra para viver e não cuidar do seu próprio lar. Surpreende as pessoas não gostarem da natureza e cimentarem todo espaço em que vivem, só para não ter trabalho. Surpreende as pessoas não acordarem dispostas a distribuir sorrisos e se colocar em posição de ataque para cada sorriso que lhes é dado pela manhã. 

Surpreende algumas pessoas não respeitarem crenças e religiões de outras. Cada um busca o caminho que quer. Porque impor que o seu é o melhor ou provocar o outro com risadas e bochichos maldosos? Surpreende que em um grupo, alguns se unem para debochar da vida de alguém do próprio grupo, pura e simplesmente porque essa pessoa é mais fragilizada ou talvez mais solitária. Surpreende que algumas pessoas tenham o prazer de gritar ou ofender outras, em frente ao público, no escritório ou na própria casa, sem se dar conta que ali existe um ser humano que também tem sentimentos.

Me surpreende a quantidade de gente que luta por algo que nem sabe, mas que para aparecer ou se sentir útil é um verdadeiro "Maria vai-com-as-outras". E segue por rumos, dando sua cara a bater para que seu ego o faça importante. Me surpreende muito a parcela de pessoas que participam de festas, reuniões e outros eventos, comem, bebem, dançam e saem maldizendo o que receberam de graça.

Me surpreende quantos simplesmente ignoram que envelhecer é natural, que cuidar dos idosos é essencial porque foram eles que nos fizeram chegar até onde estamos. Dizem que podemos viver mais se nos cuidarmos, mas as surpresas da vida, podem ceifar-nos dela a qualquer momento. Mas acredito que vale a pena se cuidar para viver melhor. Surpreende a falta de compreensão e carinho quando pais, filhos e familiares precisam de apoio, de uma conversa, de um alô.

Me surpreende também as redes sociais e quanto amor e carinho as pessoas fazem questão de informar que têm, mas que na verdade só esperam ganhar curtidas para saciar seu ego e parecerem boas. Surpreende como, apesar de tantas informações de perigo, ainda tem pessoas postando fotos sensuais suas e de crianças e informando o que possuem, o que ganham, o que tem.

Eu poderia dizer que este mundo é realmente surpreendente e ficar horas e horas escrevendo sobre como as pessoas não estão nem aí para algumas coisas, como elas reagem diferentemente e o quanto se aproveitam do momento para benefícios. Infelizmente, nós somos assim. E, quando nos damos conta de quanta coisa prejudica nossa vida e a de outros, interferindo até no processo de cura do planeta, temos que intensificar nossa busca de autoconhecimento.

Ser melhor e surpreender com atitudes boas, com compreensão, com conversas, com presença. Nossos sonhos podem vir a se realizar se mudarmos. Devemos criar a gratidão ao nosso redor, entender o momento das pessoas, saber em que mundo vivem e respeitá-las e, mais do que tudo, cuidar da nossa própria vida. Pois cada um já tem uma carga bem grande para carregar. Então, ou aliviamos esta carga, ou no mínimo elaboramos maneiras para que elas possam ser carregadas sem nos machucarmos muito.


Namastê