Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

POR QUE EU?

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



O martírio entope as veias, de quem se compraz da dor.
Não há causa sem efeito, não há justiça sem leis.
Quando o algoz de nossas vidas, 
insiste em apertar as feridas,
e nos tornamos vítimas de nosso próprio tumor.

Gritamos ao mundo com raiva,
culpamos a todos que no intelecto nos visitam.
E a fé nos é abalada, 
nos colocamos fora da estrada,
sem sentimento algum que nos fortaleça,
buscando, sem forças, algo que nos favoreça.

Olhamos pra cima e culpamos até a Deus.
Por que Eu? Dizemos com todo vigor!
E cheios de mágoas e teias confusas na mente,
não conseguimos raciocinar plenamente, 
provocando em nós mesmos, aberturas ao obsessor.

Deus na sua Infinita Bondade e Paciência,
lamenta nossa falta de compreensão.
Mesmo assim envia sua luz enriquecedora,
acalmando nosso coração.

Com suas gotas de um remédio calmante,
cochicha em nosso espírito doente
e com a palavra mais doce,
nos lembra que todos estão a aprender,
e nos deixa a pergunta seguinte,
Por que não você?


NAMASTÊ







O PASSADO É IMPORTANTE?

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)




Pergunta frequente nos aflige: devemos ou não esquecer o passado? Acho que a resposta deve ser não. Afinal, ele é uma parte de nossas vidas. Se apagarmos o passado, me parece que alguma coisa ficará sem significado no presente e talvez, no futuro. Nossa identidade é o passado.

É ele que nos faz sermos o que somos hoje e resolvermos o que seremos no futuro. É o passado que nos faz refletir o hoje e sonhar o amanhã. Ele causa esperanças e desejos.

Nosso passado é por demais importante, pois foi ele que construiu tudo que somos. Se causou coisas boas, nos tornou seres bons, guerreiros e fortes para encarar nossas vidas. Se no passado tivemos frustrações, mágoas e traumas, com certeza hoje somos o retrato disso.

Mas o que fazer, se lá atrás fomos prejudicados? Depende de cada um e de sua sensibilidade. Pessoas há que, por terem sofrido, procuram a melhor maneira de melhorar suas vidas, buscam conhecimento, entender o mundo através do sofrimento alheio e acabam ajudando. Outras, simplesmente se revoltam e se acham injustiçadas por tudo e por todos, criando ao seu redor um mundo rebelde, cheio de maldade e injustiças.

As escolhas são de livre arbítrio. Somos nós que devemos tentar mudar, buscar e querer. Sem nossa vontade, nada acontece. E não adianta culpar os outros.

Pode ser que alguns medos e anseios estejam escondidos no inconsciente. E o que fazer nestes casos? Se você tem condições de buscar ajuda profissional, ótimo! Se não, a ajuda pode vir de dentro de você, se houver paciência para isso.

Gosto muito de uma frase de Paulo Coelho que diz : "Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento que um SIM ou um NÃO pode mudar toda a nossa existência."

O passado é tudo para nós. Seja ele bom ou ruim, ele nos transformou em seres melhores ou piores, dependendo do que queremos ser. Não culpe seu passado pelo que é hoje, se você não faz nada no seu presente para mudar sua vida.


Se foi infeliz no amor, aconteceu e ponto final. Quem disse que não pode ser feliz com outro amor, entendendo no que errou (sem culpar o outro por isso), modificando certas atitudes e pensamentos e até seu jeito de ser? Ninguém está dizendo para ser bobo, mas talvez para ser mais paciente ou flexível. 


Achamos que sempre temos razão em tudo até que, ao contar nossa real história, alguém resolva lançar uma dúvida sobre nossos atos. Neste momento ficamos com raiva desta pessoa por não nos dar apoio. Mas, com certeza, ela nos fará raciocinar melhor sobre as questões e até a insights que antes não vieram à tona.


Se fomos maltratados por pais ou pela vida, podemos trabalhar com nosso interior e nos transformar em pessoas, não ruins, mas com caridade o suficiente para mostrar ao mundo como tratar alguém.


Exige trabalho? Sim, exige, mas como disse anteriormente, depende de nossa força de vontade e ânimo. A escolha é simples: sim, quero ser feliz e melhor!


Nem tudo é um mar de rosas sempre. Existem dias melhores e outros piores para todos, sem exceção. E o hoje, amanhã, será ontem. E será passado. E o nosso passado nos dará força e aprendizado, se assim o respeitarmos e desejarmos.


Phillips Brooks escreveu que "Mau será o dia do homem quando ele se tornar absolutamente satisfeito com a vida que está levando, quando não estiver mais eternamente batendo nas portas de sua alma um enorme desejo de fazer algo maior."


Portanto, bata em seu peito e diga para você mesmo que o que passou, passou, mas que você aprendeu e irá fazer melhor a cada dia, com seu esforço e alegria.

Ter pena de si é uma das melhores ferramentas para ser infeliz. Aliás, é destruidora. Leva à depressão e a falta de energia. Transforma a pessoa em alguém amargo, afastando os outros e causando a solidão.

Arregace as mangas, pois se você está vivo hoje, tem a oportunidade de mudar muita coisa. Ame, busque, corra atrás. Conheça a ti mesmo e, se por acaso se assustar com o que estiver dentro de você e realmente quiser ser melhor e feliz, não fique julgando o mundo de mau. Arrisque-se em novas aventuras e mude sua vida!

Com certeza, seu passado, presente e futuro sempre são o que você quer e espera da vida!

NAMASTÊ