Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

PROCURO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Procuro paz,
nos olhos das pessoas.

Procuro amor,
no coração de quem está comigo.

Procuro dignidade,
nas atitudes de todos.

Procuro alegria verdadeira,
quando vejo alguém sorrindo.

Procuro amizade,
aquela que lembra, que partilha e que está presente.

Procuro gentilezas,
nos estranhos que encontro no caminho.

Procuro respeito,
dentro das empresas e dos que trabalham e vivem comigo.

Procuro carinho,
quando preciso de alguém ao meu lado.

Procuro solidão,
se estou precisando pensar e analisar fatos.

Procuro pensar,
quando me vejo perdida e sem rumo.

Procuro perdoar,
sempre que possível para ter meu coração em paz.

Procuro comungar,
a vida, o alimento e a forma de encarar as pessoas.

Procuro um amor,
seja ele eterno, palpável, etéreo, original e leal.

Procuro...
às vezes encontro,
muitas vezes não percebo que encontrei,
outras vezes perco no caminho.

NAMASTÊ
 

O SENTIMENTO DE AMAR

Autora: Josianne L.Amend


 foto de Marcos Amend


Meu coração parece muito com esta imagem. Existe um pouco de tudo dentro dele.

Tento fazer com que ele tenha a beleza necessária como se estivesse caminhando numa grama verde e úmida, sentindo a energia e pureza da natureza.

É óbvio que o caminho de ninguém é completamente isso. Existem pedras, que dificultam um pouco esse andar. Mas observando melhor, elas até enfeitam e fazem com que a paisagem fique mais fulgurosa.

Destas pedras surgem plantas que cresceram ali com dificuldade, mas que superaram a árdua pressão e força centrípeta que constantemente a sufocam para a vida.

Com o tempo, algumas sobrevivem, outras se transformam em galhos secos que nada mais são do que a frustração e a decepção com algumas atitudes que tomamos ou com pessoas que admirávamos. Mas até esses galhos secos enfeitam o visual. Eles mostram que lutamos, que tentamos e apesar de não conseguirmos restou o aprendizado e o crescimento.

Sempre na paisagem há um caminho mais esmagado. É aquele que inegavelmente insistimos em passar mais de uma vez. É a teimosia, é a persistência, é o desejo de dar certo. Esse caminho pode conduzir a mais erros, mais galhos secos, mas também poderá conduzir a águas tranquilas, um mar de alegrias.

Ninguém sabe exatamente por onde passar. Ninguém sabe exatamente o que deve fazer para que tudo saia em perfeita harmonia que conduza à felicidade. O interessante do caminho é observar, sentir e aproveitar cada aspecto que ele representa.

Meu coração é assim. Dias há que acerta, noutros está esquecendo de regar os galhos para que não murchem. Minha paisagem é assim. A sua também. A de todos.

Alguns fazem questão de queimar todo seu caminho deixando somente cinzas e nenhuma beleza de cores. Outros, querendo enfeitar demais, acabam se perdendo na quantidade de sofisticação e tentativas. Formam tantas trilhas que não sabem mais qual delas leva ao final.

Mas, qual seria o final? Um lugar tranquilo talvez? Um lugar de paz e de sabedoria?

O que importa é caminhar, procurando fazer de seu coração a máquina que te move para seu destino. A análise de como está fazendo isso pode ser de grande importância e necessidade, já que todos, sem exceção buscam sem cessar. Alguns sabem o que, outros nem imaginam...

NAMASTÊ

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

VAZIO E SOLIDÃO

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)
 


Solidão é quando você, apesar de ter pessoas, quer ficar só;
Vazio é quando você, apesar de ter pessoas, sempre está só.

Solidão, é quando você procura um ambiente de paz e se encontra;
Vazio, é quando você sente perturbação interior em qualquer lugar.

Solidão, é quando você define o seu momento de estar;
Vazio, é quando você é jogado num canto sem luz.

Solidão, é quando você tem noção das coisas e não se perturba;
Vazio, é quando tudo te confunde e te faz entristecer.

Solidão, é um estado de espírito escolhido;
Vazio, é um estado mental agonizante e desesperador.

Solidão, é quando você se dá momentos só para você;
Vazio, é quando a vida te tira momentos que você gostaria de viver.

Solidão, é um copo de água cheio que você bebe e mata a sede;
Vazio, é um prato de comida estragada que você engole e engasga.

Solidão, não é uma dor, mas uma companheira;
Vazio, é o algoz que te leva pelo caminho do penhasco.

Solidão, é quando se aproveita cada minuto do estar sozinho;
Vazio, é quando cada minuto é crucificado dentro do peito.

Solidão é ter, é entender, é estar, é continuar;
Vazio é perder, é sofrer, é questionar, é morrer..

Na solidão, o vazio pode se manifestar,
No vazio, a solidão será a melhor companheira.

NAMASTÊ

TEM DIAS

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)


Tem dias, que a vida parece escorrer entre nossos dedos,
e a sensação de vazio e impotência toma conta da alma.
Tem dias, que até questionamos sobremaneira a vida,
e temos vontade de fazê-la se esgotar de uma vez.
 
Tem dias, que o coração de tão apertado,
sufoca também o espírito e provoca pensamentos infelizes.
Tem dias, que por mais que se pense e se chore,
não se encontra a abertura para a estrada da alegria.
 
Tem dias, que a vontade é de abraçar só o travesseiro,
e puxar o edredon para cima do corpo para nem ver a você mesmo.
Tem dias, que a névoa parece te envolver de tal forma,
que nem com toda a vontade você consegue se livrar da confusão.
 
Tem dias, que você olha ao seu redor,
e todos parecem mais felizes, mais sortudos e mais vivos que você.
Tem dias, que você não consegue sorrir com nada,
mesmo que seja a coisa que mais ama no mundo.
 
Tem dias, que o sorriso se apaga, que a dor te envolve, que o choro é constante,
porque tua vida passa à sua frente como um rio cheio de curvas,
e você não consegue entender em qual destas curvas você se perdeu,
e onde foi que você não soube remar.
 
Nestes dias, o melhor é rezar... pelo menos tentar.
Porque nestes dias, você se envolve na tristeza e na dor
e esses sentimentos conseguem fazer com que não pense, não viva, não tente.
 
O melhor é esperar pelo próximo dia...!!!
 
NAMASTÊ