Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

sábado, 1 de junho de 2013

PORQUE VOCÊ INSISTE?

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Por que você insiste em uma amizade
que já te provou que não é sincera?
Por que você insiste naquela pessoa
que só te machuca e por você não se esmera?

Por que você insiste em ajudar quem não quer
e ainda diz que você só atrapalha?
Por que você se preocupa com quem por si mesmo
não tem vontade de nada e ainda joga a toalha?

Por que você insiste em aconselhar a quem não ouve,
a quem simplesmente te dá as costas?
Por que você insiste em querer mostrar a luz,
para alguém que só te dá más respostas?

Sim, devemos tentar ajudar,
devemos estender nossa mão;
mas se o outro para nós se fechar,
por que carregarmos a sua aflição?

Por que você insiste tanto em perder energia
que poderá ser direcionada a quem tem sabedoria?

Não demore a perceber as pessoas que precisam de você:
do seu carinho, do seu afeto, do seu amor...
Não demore a entender os sinais que a vida lhe dá:
as portas se fecham, o choro é constante e há um amargor...

Deixe que os que não querem ser amados,
procurem seu caminho, sua verdade, seu destino.
Deixe que os que não querem ouvir,
sigam seus passos através de seu próprio aprendizado.
Pois você tentou, mas não pode e não deve carregar
mais do que o fardo imposto para suas costas.

Liberte-se e liberte!
Só assim você poderá insistir em quem merece
e abrir caminhos para deixar que novas esperanças
e nova luz venham brilhar em sua vida...!

NAMASTÊ!

CONVERSA ESPIRITUAL

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)




Ó espírito errante
que desnuda totalmente meu ser
e encontra em mim a veste do saber.
Sem tua vida, não posso ser
sem tua energia, não consigo luz.

Ó mestre da vida,
que me mostra a infância perdida,
através das coisas que não fiz
e dos atos que deixei em branco
na aquarela do meu caminho.

Ó ser de intenso carinho,
procure não se embravecer,
mas sim abraçar meu pranto,
que dói sem sentir nada
e que chora sem derramar lágrimas.

Ó força do ar, da terra e da água,
onde escondestes a taça que fortalecerá meu corpo,
que me proverá da alegria e da luz
e que finalmente me fará vencer os obstáculos?

Ó energia da vida,
desta vida que lutamos para ter,
que não sabemos bem o por quê,
mas que tentamos abastecer de força.

Todo poder jamais será poder
se não encontrarmos o ouro que se esconde
em nosso coração e o transformarmos
em força universal.

A resposta está no caminho do meio,
naquele que você só encontra se perder seu orgulho
se aprumar sua verdade e se desenhar
no quadro de sua vida o seu verdadeiro rosto.

NAMASTÊ