Google+ Followers

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Coração Aberto

Quando decidi escrever me senti uma borboleta saindo do casulo. E junto com ela saíram os sentimentos e os pensamentos que muitas vezes não conseguimos transmitir. Descobri que ser poeta é opinar sem medo, escrever é desvincular-se de segredos e expressar-se é viver intensamente.

JosiLuA

quinta-feira, 12 de março de 2015

FAÇA ARTE COM SUA VIDA

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)



Junte cacos e pedaços de sentimentos perdidos pelo tempo.
Faça com eles mosaicos de sua vida que contarão histórias sem fim.

Cole as rasgaduras de sua aura, provindas de suas próprias fraquezas.
Emende tudo que possa estar deixando a energia de sua alma enfraquecer.

Monte arranjos de amores perdidos, esquecidos e sofridos.
Cada qual de uma cor, para saber exatamente o que eles representam e em qual jardim não deves mais andar.

Tricote longos cachecóis de alegrias, de lembranças e de viagens.
Use-os, para ter junto a seu corpo tudo que quiser saborear na vida.

Pinte e borde lágrimas derramadas numa tela mental.
Pendure na parede de seu coração para que elas se transformem em imagens novas e que te libertem de toda amargura.

Desenhe os melhores caminhos que percorreu.
Emoldure-os para que ao olhá-los você lembre que sua vida é maravilhosa.

Costure amizades perdidas.
Quem sabe alguma delas ainda possa ser usada ou resgatada.

Entrelace os sentimentos benévolos que existem dentro de você.
Crie objetos sólidos, inquebráveis e que nada possa romper.

Construa castelos, mas não de areia. 
Faça com que seus desejos e sonhos perpetuem, usando o material da fé.

Faça poesia, crie rimas graciosas com seus pensamentos e palavras.
Para que  quando ouvir o som do seu coração, ele transmita música suave,

Seja lá o que quiser fazer com sua vida, faça arte!
Deixe boas lembranças...
Jamais descarte a vã possibilidade de simplesmente ser a ARTE!

Namastê





UM AMOR É COMO...

Autora: Josianne L.Amend (JosiLuA)




Um amor é como a água,
deve fluir por terrenos planos e acidentados,
porém moldando, com o tempo, o seu caminho.

Um amor é como o sol,
tem dias que brilha forte demais,
noutros se esconde por entre nuvens,
mas se sabe que sempre está lá.

Um amor é como o tempo,
às vezes se encaixa em tudo que precisamos,
outras vezes parece faltar quando mais necessitamos.
Por isso precisa de organização e compreensão.

Um amor é como um arco-íris,
que aparece quando se menos espera,
pintando o espaço que existe entre a imaginação e a realidade.

Um amor é como o veludo,
que aconchega e veste com carinho,
mas que dependendo do clima, tem textura exagerada.

Um amor é como o olhar triste de uma criança,
que nos toca profundamente a alma,
mas que alguns passam por ele sem notar.

Um amor é como o desabrochar de uma flor,
que não é percebido passo a passo,
e quando se vê já tomou conta da paisagem...

Namastê